CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Água em Itabuna- Fornecimento será ampliado pelo governo estadual.

Entre as diversas ações desenvolvidas para minimizar os efeitos da longa estiagem que assola o município de Itabuna, na região sul, o Governo do Estado iniciou a captação de água por meio poços tubulares profundos, que estão sendo perfurados - no total, serão 13 - pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb). A ação envolve também a prefeitura local, a Empresa Municipal de Água e Saneamento Ambiental (Emasa) e a Defesa Civil.


O primeiro poço, como explica o secretário Cássio Peixoto, foi perfurado em Ferradas para atender às comunidades da localidade. “Os equipamentos e maquinários já se encontram nas áreas que foram mapeadas e estudadas pelos geólogos da Cerb para uma imediata perfuração de mais 12 poços. As equipes estão trabalhando de forma acelerada para concluir a perfuração num período de 25 dias, de forma a diminuir o sofrimento da população itabunense”.

Após a perfuração, serão feitos os testes de bombeamento e a água coletada para análise físico-química em laboratório contratado pela Cerb, a fim de verificar a qualidade para o consumo humano, de acordo com determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS). As localidades previamente estudadas e mapeadas são Serrado, Jaçanã, São Judas Tadeu, Vila Zara, Nova Ferradas, Fátima, Conceição, Parque Boa Vista, São Caetano e João Soares, além dos projetos de assentamentos Vila Isabel e Alemita.

Aliado a isso, o secretário reforça que o Governo montou verdadeira força-tarefa para conter a crise na cidade. “Fornecemos tanques de cinco mil litros de água, que estão sendo distribuídos em áreas estratégicas para reserva de água potável na cidade, sem falar no aporte de recursos da ordem de R$ 3,8 milhões para ações emergenciais no abastecimento de água e também a relocação de captação de água em Nova Ferradas, recuperação da Estação de Tratamento de Água da localidade, aumento da oferta e a melhoria da qualidade da água distribuída”. Peixoto ressalta ainda que todas as medidas atenderão aos padrões de potabilidade estabelecidos em lei.

Peixoto informa ainda sobre a reativação de um reservatório para despressurizar a rede de distribuição, além da retirada da vegetação aquática do Rio Cachoeira, evitando a proliferação do mosquito da dengue e liberação imediata de carros pipas, distribuídos em pontos indicados pela Prefeitura municipal. Para assegurar a plena condição hídrica da região, o Governo também iniciou outra grande intervenção - a construção da Barragem do Rio Colônia. 

O equipamento beneficiará aproximadamente 350 mil pessoas da região sul do estado. Ao todo, o investimento é de R$ 119,6 milhões, com recursos dos governos federal e estadual. No dia 2 de abril deste ano, o governador visitou o canteiro de obras da barragem, em construção pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), vinculada à SIHS, no município de Itapé. “Rui Costa prometeu e a SIHS vai cumprir com esse compromisso e com suas funções de regularidade do abastecimento", afirmou, na ocasião, o secretário.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito