CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Itabuna- Vereador, CTB e Movimentos Sociais Contra a reforma

da Previdência 

Dirigentes da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Frente Brasil Popular, sindicatos dos Comerciários, Bancários, Têxteis e Calçadistas, Operários da Construção Civil, Agentes Comunitários de Saúde e movimentos sociais, realizaram na manhã desta terça-feira (31) uma manifestação contra a reforma da previdência proposta pelo governo interino e golpista de Michel Temer (PMDB).


A exemplo do que ocorreu em outras grandes cidades do Brasil, o ato ocorreu em frente à agência do INSS, na Avenida Ilhéus, em Itabuna, e também teve por objetivo protestar contra o ilegítimo governo de Michel Temer.

“O governo golpista Temer/Cunha já anunciou seu pacote de maldades, com perdas de direitos trabalhistas, terceirização, desvalorização do salário mínimo, corte das verbas da educação, fim dos programas sociais e desmonte do SUS”, denunciou Jorge Barbosa, presidente do Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região.
 
Segundo João Evangelista, diretor da CUT, com a extinção do Ministério da Previdência Social, ocorrerá uma profunda reforma restringindo direitos e benefícios das aposentadorias e pensões. “É uma maldade com quem mais precisa, que são os trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou.

O presidente do Sindicato dos Comerciários e vereador Jairo Araújo (PCdoB), parabenizou a iniciativa da CTB e dos movimentos sociais e disse que não resta outro caminho para a classe trabalhadora: que não seja resistir a todo custo para barrar o retrocesso. “Precisamos continuar denunciando os desmandos deste governo interino e golpista, que quer acabar com a aposentadoria do povo brasileiro”, afirmou Jairo. Para o vereador, o povo já começa a perceber o golpe aplicado pela direita e pela grande mídia. “Em duas semanas de mandato, já caíram dois ministros, os escândalos não cessam. Cabe à classe trabalhadora e aos movimentos sociais a tarefa de construir um grande movimento nacional para derrubar este presidente”, concluiu.

No próximo dia 10 de maio, a Frente Brasil Popular, composta por sindicatos, movimentos sociais, sindicatos, centrais sindicais e partidos políticos, realizarão um grande ato em Itabuna contra o governo golpista de Michel Temer e em defesa da democracia.



0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito