CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




VI Festival de Cinema Baiano chega a Itabuna




Chega a Itabuna a sexta edição do Festival de Cinema Baiano (VI Feciba), encerrando a sua itinerância com mostras de filmes de curta e longa-metragens gratuitas, oficinas de aperfeiçoamento para o áudio visual e espetáculos artísticos. O evento acontece de 9 a 11 deste mês no Centro de Cultura Adonias Filho, espaço gerido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).
                           


       
O VI Feciba, que já passou por Juazeiro, no mês de abril, e Feira de Santana, em maio, é contemplado no edital Agitação Cultural, via Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz).  

O festival é composto por sete mostras de filmes. Cinco delas são gratuitas: a Infanto-juvenil, que tem a missão de potencializar formação de público para o áudio visual; a Bahia Adentro, composta por filmes produzidos em diversas partes da Bahia; a Sexualidades, que explora e discute a temática de gênero nacional e regional; a Competitiva de Curtas; e a Retrospectiva, dedicada ao ator Mário Gusmão. As mostrasBahia Afora, que abre espaços às produções de outros estados, e Atualidades, que traz os últimos lançamentos de longa-metragem do cinema baiano, terão ingressos no valor de R$ 5.

Na Mostra Competitiva de Curtas, o público poderá conferir a exibição de 10 curtas-metragens divididos em dois programas. Nesta última etapa do festival, o público poderá escolher as suas produções preferidas e na cerimônia de encerramento serão divulgados os vencedores. Lembrando que os filmes já receberam votos em Juazeiro e Feira de Santana e concorrem na categoria Voto Popular, que premiará o filme vencedor com o troféu Feciba e o valor de R$ 3.000. 

A mostra também contará com o júri especializado, formado pela pesquisadora Marialva Monteiro, pela produtora Sylvia Abreu e pelo cineasta Henrique Dantas, que ficarão responsáveis por julgar as categorias técnicas: direção, roteiro, direção de arte, montagem, desenho de som, trilha sonora, direção de fotografia, ator, atriz e melhor filme. Nessa última categoria, o vencedor receberá, além do troféu, um prêmio de R$ 2.000,00.

Vale destacar que, nesta edição, o festival presta homenagem ao ator Mário Gusmão. Como destaque da noite de abertura, será apresentado o espetáculo teatral ‘Anjo Negro’, em memória ao também diretor teatral que influenciou a trajetória de muitos artistas na década de 1980 em Itabuna e toda a região Sul da Bahia, principalmente trazendo as questões da valorização do ser negro. O espetáculo será apresentado pelo Grupo de Afro do Encarte e será seguido da exibição do filme “Hereros Angola”, de Sérgio Guerra, dentro da mostra Atualidades.

Uma oficina de fotografia será ministrada por Jeronimo Soffer, que buscará introduzir os participantes nas dinâmicas inerentes ao processo de realização audiovisual do ponto de vista do diretor de fotografia. As inscrições custam R$ 50 e podem ser feitas no site www.feciba.com.br até esta sexta-feira (3).

Dando continuidade às discussões iniciadas em Juazeiro e reverberadas em Feira de Santana, a mesa redonda “Alinha de fronteira se rompeu”, tratará de aspectos relacionados com lutas sociais contemporâneas aliados ao movimento cinematográfico do interior da Bahia. O debate contará com a participação do cineasta e ex-Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura Pola Ribeiro. A mesa será realizada no dia 11, às 10h, e a entrada é gratuita.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br


SERVIÇO

QUINTA – 09/06

Local: Centro de Cultura Adonias Filho

8h – Oficina de Direção de Fotografia com Jeronimo Soffer
18h30 – Cerimônia de Abertura e espetáculo “Anjo Negro”
19h – Mostra Atualidades
·  Exibição do filme “Hereros Angola”, de Sérgio Guerra (Entrada: R$ 5,00 – preço único).

SEXTA – 10/06

Local: Centro de Cultura Adonias Filho

8h – Oficina de Direção de Fotografia com Jeronimo Soffer
10h – Mostra Infanto-juvenil
·  Exibição do longa metragem “O menino e o mundo”, de Alê Abreu e dos curtas “Alguma coisa na vida”, do Coletivo LEM e “Como dissecar uma menina malina”, de Deoveki Silva (Entrada Gratuita)
13h30 – Mostra Bahia Adentro
·  Exibição dos filmes “Tom da Terra”, de Victor Brasileiro, “Candeias”, de Felipe Wenceslau e Augusto Pessoa, “Coroas” de Isaac Donato e Marília Cunha, “A morte no cinema”, de Evandro de Freitas e “Lira”, de Rava Midlej (Entrada Gratuita)
15h30 – Mostra Retrospectiva
·  Exibição do filme “O Anjo Negro”, de José Umberto (Entrada Gratuita)
17h30 – Mostra Competitiva – Programa 1
·  Exibição dos curtas “Cordilheira de Amora II”, de Jamille Fortunato, “Órun Àiyé: A Criação do Mundo”, de Jamile Coelho e Cintia Maria, “Neandertais”, de Marcus Curvelo, “Entroncamento”, de Maria Carolina e Igor Souza e “Retomada”, de Leon Sampaio (Entrada Gratuita)
19h30 – Mostra Bahia Afora
·  Exibição dos filmes “Tudo que aprendemos juntos ” de Sérgio Machado e “Rotas da Marrabenta – Música moçambicana em movimento”, de Maurício Oliveira (Entrada: R$ 5 – preço único)
21h30 – Performance “MISSIVAS” com Daniela Galdino (Entrada Gratuita – Classificação 16 anos)
  
SÁBADO – 15/05

Local: Centro de Cultura Adonias Filho

8h – Oficina de Direção de Fotografia com Jeronimo Soffer
10h – Mesa “A linha da fronteira se rompeu”, com Pola Ribeiro, Camila Camila, Marialva Monteiro e Daniela Galdino, sob mediação de Edson Bastos (Entrada Gratuita)
15h30 – Mostra Sexualidades
·  Exibição dos filmes “A seita”, de André Antônio e “Negra”, de Jaco Galdino (Entrada Gratuita)
17h30 – Mostra Competitiva – Programa 2
·  Exibição dos curtas “Salitre”, de Lara Belov “Sísifo do Vale”, de George Varanese, “Ana”, de Camila Camila, “IFÁ”, de Leo França e “Sandrine” de Elen Linth e Leandro Rodrigues (Entrada Gratuita)
19h – Mostra Atualidades
·  Exibição do filme “A noite escura da alma”, de Henrique Dantas (Entrada: R$ 5 – preço único)
21h – Cerimônia de encerramento
·  Premiação da Mostra Competitiva de Curtas (Entrada Gratuita)

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito