Adsense

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA

emasa

emasa

tay

tay



Itabuna- SAS inicia atividades da Semana Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti


A Secretaria Municipal de Assistência Social de Itabuna (SAS) deu início na manhã desta segunda-feira (20) a distribuição dos repelentes às gestantes beneficiárias do programa Bolsa Família. A ação faz parte da Semana de Mobilização Nacional Contra o Mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. 


A equipe de endemias da Secretaria de Saúde abriu as atividades com uma palestra que tratou sobre as diversas formas de prevenção das doenças; destacando a conscientização do cidadão para a responsabilidade do cuidado dentro de casa.


Em Itabuna, a guerra ao Aedes aegypt se tornou prioridade do governo municipal e as ações de combate mobilizam todas as secretarias municipais e a sociedade civil organizada. Para a secretária de Assistência Social, Sanda Neilma, é fundamental conscientizar a população quanto a sua importância nessas medidas preventivas, bem como o apoio de toda a sociedade em torno das ações do poder público, que visam combater a proliferação dos focos de reprodução do mosquito.


De acordo com Carol Suzart, Diretora do Departamento de Combate à Pobreza da Assistência Social, “é importante que cada cidadão reconheça a importância de limpar suas casas, como forma de prevenir a proliferação do Aedes aegpti. E a distribuição dos repelentes é justamente para evitar a que as mães sejam picadas por esse mosquito que é transmissor de tantas doenças.” – explicou.


A programação da Semana de Mobilização Contra o Aedes aegypti na SAS continua até o dia 24 de março. As atividades acontecerão nos Centros de Referências - CRAS 1, CRAS CEU e CRAS II, nos bairros Nova Ferradas, Urbis IV e Jardim Grapiúna, respectivamente. Além da entrega dos repelentes, uma serie de palestras, apresentações de fantoches e distribuição de informativos sobre o combate ao mosquito fazem parte da programação. O objetivo da SAS é distribuir o total de 2.300 repelentes à 575 gestantes beneficiárias do programa social.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito