i

i

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Morte Zero Por Infarto- Campanha Lançada pela SCMI

Com a presença do prefeito Fernando Gomes, autoridades municipais, médicos e enfermeiros das equipes da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães, Unidade Pronto Atendimento (UPA) Monte Cristo, SAMU e do diretor técnico do programa Latin STemi, foi lançada na noite de ontem, no auditório da SCMI a Campanha Itabuna: Morte Zero Por Infarto -Programa de Diagnóstico e Logística Integrada para Tratamento de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM).

Com a Campanha referenciada por um dos mais conceituados Programas de cardiologia do País, o Programa Latin Stemi, os pacientes que apresentarem dor torácica serão submetidos de imediatos a Eletrocardiograma, que serão enviados para um centro de diagnóstico especializado e, sendo detectada a existência de um infarto agudo do miocárdio (iam), será transferido das unidades de saúde (HLBEM e UPA Monte Cristo) para realização de uma intervenção coronária no centro da hemodinâmica da Santa Casa de Itabuna. “Atualmente, cerca de trezentos mil brasileiros morrem devido a doenças cardiovasculares e a grande maioria destes pacientes não tiveram tempo de um diagnóstico, muito menos possibilidade de um tratamento. O objetivo do uso da telemedicina nestes casos em especial, é diagnosticar, transportar, em tempo hábil, e tratar o paciente. Se o ciclo for completado, dentro do tempo técnico, que seria menos de doze horas da descoberta do problema, o paciente tem chances maiores de sobrevivência e menores sequelas”, explicou o diretor técnico do programa e presidente da ITMS Brasil, uma das idealizadoras do projeto, ao lado da Lumen Foundation e da Medtronic,  Dr. Roberto Botelho.
Em unidades que já tiveram o programa instalado, o indicie de mortalidade associada à doença que era de 11 a 12%. caiu para 5,1%. Para o cardiologista coordenador da Hemodinâmica da Santa Casa de Itabuna, o médico Gláucio Werneck Mozer, essa meta também será uma realidade para Itabuna.  “O programa é fantástico, referência em diversos Países e Estados Brasileiros. Na Bahia, Itabuna é a primeira cidade e a segunda no nordeste a receber o Programa Latin Stemi. Sem dúvidas é um marco no serviço da hemodinâmica da SCMI e principalmente para a população Itabunense que agora contará com a rede de atendimento integrada”, pontuou.
Presente no evento, o Prefeito de Itabuna Fernando Gomes de Oliveira falou sobre o comprometimento do Municipio em manter parcerias como estas que irão beneficiar principalmente o Itabunense. “Conheci o Programa através da Santa Casa e não exitei em buscar as parcerias junto ao Governo do Estado para o Programa ser implantado. Itabuna merece um serviço de saúde com qualidade”.
Para o vice-provedor da Santa Casa de Itabuna, o médico Silvio Porto de Oliveira, o Programa é sem dúvidas mais um diferencial nos serviços da SCMI. “ A Santa Casa mais uma vez sai na frente com um Programa de destaque e sucesso em diversos países e em grandes capitais brasileiras. Agradecemos ao Dr. Gláucio, ao DR. Roberto, e principalmente ao nosso prefeito Fernando Gomes pela sensibilidade de compreender que os serviços de saúde devem ser ampliados. Trazendo mais serviços  de qualidade  para a população Itabunense”, explicou.
Entenda como funciona o Programa
Ao chegar a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou no Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães, o paciente com suspeita de infarto é submetido a um eletrocardiograma, que é transmitido via internet para ser analisado na Central de Telemedicina do Hospital do Coração, em Minas Gerais. O laudo, é emitido em até 10 minutos, retorna para a equipe do serviço da hemodinâmica da SCMI, que encaminha o resultado do exame para a UPA ou para o BLEM, informando se é necessário ou não submeter o paciente ao trombolítico (medicamento que desobstrui as artérias do coração). Se confirmado o diagnóstico de infarto, o paciente é encaminhado para o serviço de Hemodinâmica da SCMI, onde recebe todos os cuidados necessários.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito