CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Litoral Sul comercializa produtos orgânicos por meio de plataforma digital


A população dos municípios de Itabuna e Ilhéus já podem adquirir alimentos saudáveis certificados, por meio da internet. O serviço, que teve início neste mês de setembro, é oferecido pela Estação Orgânica Grapiúna, uma iniciativa da Rede Agroecológica Povos da Mata Atlântica do Sul da Bahia de Certificação Participativa - Selo Brasil Orgânico. 



O objetivo é envolver consumidores para a comercialização de produtos orgânicos, de forma organizada e contínua, garantindo preço justo e estabelecendo uma relação harmoniosa entre agricultor e consumidor.
A ação é apoiada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio das unidades territoriais da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), instaladas no Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF) do Litoral Sul, no município de Itabuna.

Estão disponíveis três tipos de cestas com produtos orgânicos. Os valores variam entre R$15 e R$40, além da possibilidade de adquirir produtos avulso. Os pedidos são realizados por meio de uma plataforma digital ou pelo Whatsapp. Em Itabuna, a entrega dos produtos acontece na sede do SETAF, localizado na Avenida Soares Pinheiro, nº 705, Centro. Para realizar os pedidos e acessar mais informações clique neste link: http://bit.ly/2cpIzqb

A primeira entrega, realizada no dia 9 de setembro, superou a expectativa alcançando a comercialização de 45 cestas. A próxima será nesta sexta-feira (23) e os pedidos deverão ser feitos até terça-feira (20).

Sobre a Estação

A Estação Orgânica Grapiúna, criada no mês de agosto pelo Grupo de Trabalho de Comercialização da Rede Agroecológica Povos da Mata Atlântica, funciona como um espaço de referência e um ponto de apoio para a entrega das cestas orgânicas ao consumidor, nos municípios de Itabuna e Ilhéus. O objetivo é mobilizar consumidores interessados em adquirir produtos orgânicos produzidos por agricultores familiares da região, que fazem parte da rede. 

Participam do Grupo de Trabalho representantes dos consumidores de Ilhéus e Itabuna, agricultores familiares de assentamentos dos municípios de Ibirapitanga, Ilhéus, Santa Luzia, técnicos do Centro de Agroecologia e Educação da Mata Atlântica (OCA), Cooperativa de Pequenos Produtores de Cacau, Mandioca e Banana, do Centro Sul da Região Cacaueira (Coopercentrosul) Cooperativa de Desenvolvimento Territorial (Cooperast), Bahiater, Instituto Cátedra, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Universidade Estadual da Santa Cruz (Uesc), Instituto Cabruca, Instituto Mecenas da Vida e Instituto Arapyaú.

O GT de Comercialização disponibilizou a página da Estação Orgânica Grapiúna – Ilhéus – Itabuna ( http://bit.ly/2cDBXay )  criou ainda um grupo virtual onde todos os atores envolvidos no processo estarão em contato direto. Para identificar famílias interessadas em adquirir as cestas e dar apoio logístico. São responsáveis pelos pontos da Estação Grapiúna, em Itabuna, a OCA e a Bahiater e em Ilhéus, representantes da Igreja Messiânica. 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito