Frigobom da Av, Ilhéus

Frigobom  da Av, Ilhéus

GACC

GACC

Adsense

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA



Itacaré- Prefeitura oficializa adesão ao Programa Municípios Culturais


 

A Prefeitura de Itacaré já manifestou oficialmente o interesse de fazer parte do programa Municípios Culturais, uma ação baseada na soma de forças do Governo da Bahia com os municípios baianos para fortalecer o setor cultural em todo o estado. 

Esta semana o prefeito Antônio de Anízio e o secretário de Juventude, Esporte e Cultura, Diego Augusto, assinaram o Termo de Adesão e encaminharam ofício ao secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, confirmando o interesse público de participar dessa inciativa que tem como base os investimentos na consolidação do Sistema Estadual de Cultura e na realização de ações culturais estruturantes.
 
O prefeito Antônio de Anízio explica que o município de Itacaré possui um forte potencial cultural, tem grandes artistas e uma enorme riqueza de talentos, mas reconhece que organizar e formalizar esse setor é essencial para desenvolvimento desse potencial. Daí a oportunidade de firmar essa adesão ao programa Municípios Culturais, que busca além do apoio às atividades culturais, também visa o acompanhamento, a formação e qualificação dos agentes ligados à cultura da cidade. O secretário de Juventude, Esporte e Cultura, Diego Augusto, adianta que o Programa representa um grande avanço para a cultura de Itacaré, não somente pelo apoio aos projetos e eventos culturais, mas também pelo incentivo para que novos talentos possam surgir ou despertar no município.

Lançado no último mês de agosto, o Municípios Culturais se consuma em duas linhas: “Fortalecimento do Sistema de Cultura”, que pretende estabelecer as condições para a organização necessária ao desenvolvimento do Sistema Estadual de Cultura da Bahia e dos sistemas municipais; e “Apoio ao desenvolvimento de ações culturais nos municípios”. Os municípios que devidamente cumprirem as exigências da primeira linha do programa poderão pactuar a realização conjunta de ações culturais, tais como consultorias, assessorias, oficinas, formações, encontros etc., distribuídas em sete categorias: Formação; Fomento; Institucionalização cultural; Arquivo e biblioteca; Linguagens artísticas; Patrimônio cultural; e Grupos identitários e tradicionais.
 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito