Adsense

CDL

CDL

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA

emasa

emasa



Itabuna contará com novo ambulatório psiquiátrico a partir desta quinta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna programou para esta quinta-feira (6) a inauguração do ambulatório psiquiátrico que funcionava no Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães (HBLEM). A unidade vai funcionar num prédio da Rua Zildolina, nº 143, no bairro Mangabinha, próximo à ponte do São Caetano e atenderá os pacientes com transtorno mental, a partir da próxima segunda-feira (10).


O coordenador de Saúde Mental da SMS, Paulo José de Carvalho Júnior, explicou que a demora em reabrir a unidade para o atendimento é em função dos móveis que estão sendo montados, já que antes o prédio passou por pequenos reparos e limpeza. Ele disse que, por determinação da secretária de Saúde, Lísias São Mateus, a equipe teve que acelerar o serviço a fim de que o ambulatório fosse reaberto o mais breve possível.
O ambulatório psiquiátrico funcionará inicialmente no turno da manhã e contará com três psiquiatras, dois psicólogos e uma assistente social, além de auxiliares administrativo e de serviços gerais. Paulo José informou que, pelo menos, 30 pacientes devem ser atendidos diariamente. Esse número é o mesmo registrado quando a unidade funcionava no HBLEM, mas, ainda segundo o coordenador, a demanda é grande, com cerca de 180 pacientes agendados.

A secretária de Saúde, Lísias São Mateus, criticou o fechamento do ambulatório psiquiátrico no hospital pelo ex-secretário de Saúde, sem que o município tivesse providenciado outro local para prestar assistência aos usuários. Ela está à frente da gestão da Saúde a pouco mais de duas semanas e assegurou que está trabalhando duro e cobrando empenho e dedicação de sua equipe, para que todos os setores da saúde pública em Itabuna, funcione adequadamente.
“Melhorar a saúde e fazer com que ela funcione bem e atenda a toda a comunidade da melhor forma possível tem sido um dos principais compromissos do prefeito Fernando Gomes, e ele não abre mão disso”, reforçou a secretária.  Ela destaca ainda que é um direito do cidadão o acesso à saúde, o atendimento digno e de qualidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito