Adsense

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA



Itabuna- Projeto prevê normatização das feiras livres


Frequentar as feiras livres é uma tradição da população de Itabuna e muitas delas já são partes da cultura local, estando inseridas na rotina dos consumidores. Diante desse cenário, a atual gestão municipal está empenhada em revitalizar esses espaços de comércio popular, com a melhoria das suas estruturas físicas, a padronização das barracas e a normatização do seu funcionamento.


A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, em parceria com as secretarias de Administração e a de Desenvolvimento Urbano, já está realizando ações que estão impactando na melhoria destes locais. 

No Centro Comercial, por exemplo, onde funciona uma das principais feiras da cidade, a gestão municipal está trabalhando na recuperação de sete ruas, reformando os banheiros, o piso da sobrinha (área central), o setor de carnes e realizando pintura geral.

O secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John Nascimento, informou que está em andamento a elaboração de um projeto que viabilizará a revitalização total de cinco feiras livres de Itabuna e normatizará o seu funcionamento. Segundo o secretário, o governo municipal está ouvindo todos os envolvidos nesse processo, bem como comerciantes, vigilância sanitária, consumidores e demais entidades para que, após finalizado, o projeto possa se tornar lei, onde comerciantes e consumidores estarão regidos por normas que implicarão diretamente na melhoria das feiras.

Com a elaboração do projeto e consequente criação da lei sobre as feiras livres de Itabuna, o município estará atendendo uma demanda antiga da comunidade que preza pelo fortalecimento do comércio popular. O secretário cita a parceria com órgãos como o Sebrae, que atua na qualificação dos comerciantes com cursos e consultorias, como um importante meio de contribuição para a melhoria da prestação dos serviços por parte dos comerciantes. “Atualmente as feiras de Itabuna estão insalubres, ruins pra quem trabalha e para quem vai comprar algo. 

Com esse projeto em desenvolvimento, estamos pensando em longo prazo, de modo a revitalizar as feiras e mantê-las sempre em bom funcionamento”, conclui.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito