EXPOITA

EXPOITA

Frigobom da Av, Ilhéus

Frigobom  da Av, Ilhéus

EXPOITA 2017

EXPOITA 2017

Adsense

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA



Davidson Magalhães denuncia ACM Neto por atrapalhar obras do metrô de Salvador


O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) levou à Câmara dos Deputados a denúncia de que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), está atrapalhando as obras do sistema metroviário da capital, que agora são de responsabilidade do Governo do Estado, 


depois que a Prefeitura admitiu não ter condições de continuar. Para Davidson, a postura do prefeito, que é motivada por disputa política, não leva em conta os prejuízos causados à população.

“Finalmente, o metrô de Salvador está sendo cada vez mais estendido, é mais uma obra de mobilidade urbana em Salvador, apesar da resistência do prefeito de Salvador, ACM Neto, que nos seus governos, nos governos passados, apoiados por ele e pelo PSDB, não colocou o metrô nos trilhos. Agora que o metrô está funcionando, o prefeito da cidade quer impedir que seja concluída essa obra monumental”, disse o parlamentar.

Na ocasião, Davidson aproveitou para elogiar o mandato do governador e ironizou a gestão do prefeito ACM Neto. “Rui Costa trabalha, outros tentam prejudicar a administração profícua do nosso governador”. Pela referência ao aliado, o deputado João Gualberto (PSDB-BA) resolveu defender o prefeito, mas também foi alvo de críticas de Davidson.

“Um deputado do PSDB da Bahia, João Gualberto, que estava ali, aliás, deve ter saído correndo para ir para o STF para cuidar do seu presidente corrupto [o senador afastado Aécio Neves]. Esse também quadrilheiro deveria estar preso hoje, porque foi identificado com mala de dinheiro. Então, quero dizer-lhe que ele deveria ter uma posição política correta, para não ficar defendendo a especulação imobiliária lá na região da Paralela”, disparou o comunista.

Segundo Davidson, a defesa que se faz é que o metrô seja construído sem dar “um tostão para a grilagem nas áreas públicas lá na região da Paralela”, o que também justificaria o incômodo do deputado João Gualberto, que é empresário no estado. “É por isso que ele vem com tanta virulência”, acrescentou. Davidson ainda pediu que Gualberto “seja mais sensato e tenha uma posição política coerente, o que Vossa Excelência não tem até hoje”.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito