CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Itabuna- Audiência pública discute ações do plano plurianual para a saúde

   

As ações do governo na área da saúde no período de 2018 a 2021 foram discutidas pela secretária da Saúde e pela presidente da Fundação Itabunense de Assistência à Saúde (Fasi), entidade mantenedora do  Hospital de Base, Márcia Rodrigues, numa audiência pública na Câmara de Vereadores, 


coordenada pelo vereador Júnior Brandão sobre o Plano Plurianual de Governo - PPA. O debate teve a participação de vereadores, técnicos da área da saúde e representantes da sociedade civil organizada, que apresentaram questionamentos com relação aos serviços e o atendimento à população. 

   
         A secretária anunciou propostas para ampliação e melhoria dos serviços da atenção básica, da assistência farmacêutica e da gestão de alta e média complexidade, bem como as ações programadas na área de vigilância em saúde com eficiência. Também lamentou o atraso na implantação do Samu Regional com base em Itabuna, porque os recursos foram desviados na gestão passada para investimentos em informatização dos serviços de atendimento.
         A secretária anunciou ainda o projeto do Consultório na Rua, que deve ser incluído na proposta do PPA, ampliando o atendimento para a  população carente. Ela destacou ainda elaboração do Plano Municipal de Saúde, que contempla a humanização do atendimento e inclui a proposta de ampliação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), além da necessidade de recadastramento do cartão do SUS em Itabuna, que tem uma população de 220 mil habitantes e mais de 300 mil pessoas cadastradas como se tivessem endereço na cidade.
         Já a presidente da FASI, Márcia Rodrigues, destacou que a missão do Hospital de Base é a promoção do acesso universal aos serviços à saúde através do atendimento especializado e procedimentos de média e alta complexidade, o que inclui uma parceria entre o município com a Sesab e o Ministério da Saúde.
         Ela anunciou ainda, a realização de campanhas educativas para o público interno e externo, investimentos na capacitação dos servidores em gestão, atendimento e biossegurança, bem como a regularização dos encargos da instituição com o INSS e o FGTS, o que passa pela reestruturação financeira do Hospital de Base e pela ampliação dos serviços de alta e média complexidade, além da aquisição de novos equipamentos, visando a modernização daquela unidade hospitalar que atende a pacientes de Itabuna e de outros 160 municípios
         O vereador Antônio Cavalcante sugeriu a inclusão no PPA da retomada do projeto iniciado pelo prefeito com uso de unidades moveis de atendimento, como foi implementado numa gestão anterior pelo prefeito Fernando Gomes, com o Programa Saúde em Sua Casa. Também foram feitos questionamentos pelo vereador José Erivânio Sobreira dos Santos, Babá Cearense, com relação ao atendimento e internamento de pacientes psiquiátricos, em função da desativação do Hospital São Judas.
         Também participaram do debate com perguntas e sugestões ao PPA os vereadores Beto Dourado, Manoel Júnior e Jairo Araújo, que falaram sobre as alternativas para evitar o fechamento do Hospital São Lucas, que poderá ser municipalizado e para a terceirização das duas UPAs nos bairros de Monte Cristo e Fonseca, em Itabuna, que vão prestar atendimento de urgência para adultos e crianças.
OBS: Será que dá para explicar para a população, a secretaria de saúde não tem como manter as duas UPAs e que privatizar, mas pode manter um hospital que quer municipalizar. Que matemática é essa? será que eu que sou burro!



0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito