CAMP. CÂMARA - 2017

CAMP. CÂMARA - 2017

DIVINO FOGÃO DE ITABUNA

Adsense




Itacaré- Entidades discutem ações ambientais durante o Mundial de Surf



Considerado como um dos mais importantes eventos de surf do Brasil, o Mundial QS1.500 masculino, que acontecerá entre 26 e 29 de outubro, na praia da Tiririca, em Itacaré, terá como um grande diferencial um conjunto de ações voltadas para a preservação do meio ambiente. 


E para discutir detalhes dessas ações voltadas para a sustentabilidade, representantes da Secretaria do Meio Ambiente, do Instituto Floresta Viva, Inema, Recicla Itacaré, Mecenas da Vida, Associação de Surf de Itacaré, Instituto Baleia Jubarte, Parque Estadual Serra do Conduru e Embaúba se reuniram na manhã desta quinta-feira, na Secretaria Municipal do Meio Ambiente, onde foram traçadas as estratégias e as metas não somente para a coleta de resíduos, como também de conscientização dos atletas, itacareenses e turistas para a preservação e responsabilidade com o meio ambiente.


Durante todo o evento serão realizadas ações educativas envolvendo turistas, atletas e a comunidade itacareense sobre a forma correta de reduzir os resíduos, reciclar, reutilizar e acondicionar corretamente. Também serão montados estandes com materiais reciclados, apresentações de projetos, exposições artísticas e realização de dinâmicas voltadas para a preservação ambiental. Outra ação importante será o envolvimento dos estudantes das escolas públicas e particulares de Itacaré e Taboquinhas nos trabalhos de conscientização e preservação e nos projetos ambientais. Além de visitar o local do mundial de surf, conhecer os estandes e participar de dinâmicas, os alunos farão o plantio de arvores e posteriormente poderão acompanhar do crescimento dessas plantas

Realizado pela World Surf League (WSL) a etapa do mundial de surf de Itacaré vai distribui US$ 20 mil em prêmios e vais trazer para a cidade surfistas de vários países, colocando mais uma vez o município como uma referência internacional do esporte. O retorno do mundial de surf para Itacaré foi uma ação do prefeito Antônio de Anízio e do diretor de planejamento Kleber Miranda, que desde o mês de fevereiro vem se reunindo com representantes da WSL South América, empresa responsável pelo evento, manifestando o desejo da cidade voltar a sediar o mundial. De acordo com o prefeito, Itacaré é hoje conhecida a nível internacional pelo surf e não poderia continuar de fora do mundial, não somente pelo incentivo ao esporte, mas pelo retorno que eventos como esse traz para o turismo local, movimentando a economia da cidade.

A proposta é mostrar que além de ser a capital mundial do surf, possuir belezas naturais incomparáveis, Itacaré também será destaque por realizar ações educativas de preservação do meio ambiente. O Mundial QS1.500 masculino e o Itacaré Surf Sound Festival conta com o apoio da South to South, Associação de Surf de Itacaré, Governo da Bahia, Instituto Floresta Viva, Pousada Terra Boa, Grou Turismo.


0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito