Adsense

DIVINO FOGÃO ITABUNA

DIVINO FOGÃO ITABUNA



Itacaré incentiva cadastro para receber livros infantis gratuitamente



Incentivar a leitura através de projetos nas escolas ou mesmo buscando apoiar as iniciativas que contribuam com o ensino e a formação dos estudantes. Esse vem sendo o trabalho realizado pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Educação,


 que tem desenvolvido uma série de projetos e ações educacionais voltadas para despertar o gosto e o hábito pela leitura. E dessa vez a Prefeitura de Itacaré estará realizando uma ampla campanha de divulgação nas escolas e na comunidade para o cadastro no projeto Coleção Itaú Criança, onde os alunos, pais, professores e diretores podem adquirir os livros infanto-juvenis gratuitamente.


Para conseguir as coleções gratuitamente basta abrir o link www.itau.com.br/crianca/pratique/mobile/ e fazer um cadastro simples com os dados pessoais, endereço completo onde deseja receber os livros sem qualquer custo e informações adicionais.  Qualquer pessoa, em qualquer região do país, pode fazer a solicitação. Neste ano, os títulos que integram a coleção são “ Em Cima Daquela Serra ”, do autor Eucanaã Ferraz e ilustração de Yara Kono e “ O Menino Azul ”, da prestigiada autora Cecília Meireles e ilustração de Elma.

A secretária de Educação da Prefeitura de Itacaré, Joselita Santana, explica sobre a importância desse projeto que busca incentivar cada vez mais a leitura e o interesse pela literatura. O Projeto Itaú Criança faz parte da Campanha Leia Para uma Criança – que tem como objetivo valorizar o hábito da leitura, com a participação dos adultos na construção de vínculos entre eles, as crianças, os livros e as histórias. De acordo com os idealizadores do projeto, ler para as crianças, desde a primeira infância, é importante para garantir seu desenvolvimento integral, com reflexos positivos até a vida adulta.

O livro “Em cima Daquela Serra”, de Eucanaã Ferraz, desperta as crianças para a curiosidade de ver juntos o que passa em cima da serra. “Às vezes parece que lá só tem boi. Será? Neste livro, outros bichos e outras coisas andam em cima daquela serra. Entre uma coisa e outra, passa boi, passa boiada... E, às vezes, não passa nada! É só o tempo”, conta o autor. Já “O Menino Azul”, de Cecília Meireles, relata que ter um bichinho é o sonho de quase toda criança. E não é diferente com o menino deste poema. Ele quer um burrinho para ser seu amigo de todas as horas e que o acompanhe na descoberta do mundo.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito