i

i

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itabuna confirma vacinação contra raiva canina no próximo sábado

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria de Saúde de Itabuna confirmou para o próximo sábado, dia 4, a campanha de vacinação contra a raiva canina na zona urbana do município. O trabalho terá inicio às 8 da manhã e vai até às 17 horas nas Unidades de Saúde espalhadas nos vários bairros da cidade. Click Abaixo



Pelo menos 400 pessoas entre veterinários, técnicos, aplicadores e voluntários como estudantes dos cursos de enfermagem e de veterinária das universidades e faculdades do município participam da campanha.
O veterinário Samir Hage, do CCZ, informa que a vacinação deverá ser aplicada em cães e gatos com idade a partir de três meses de vida e reforça para a importância da imunização antirrábica. Ele lembra que a raiva não tem cura e que a vacina ainda é a melhor maneira de evitar a doença. Diz ainda que mesmo os animais vacinados no ano passado devem ser imunizados este ano. 
“A vacina é gratuita e estará disponível nas Unidades de Saúde, especialmente no Dia D de imunização nacional”, destaca o veterinário que espera a conscientização dos donos para que seus bichinhos de estimação tenham a saúde garantida por meio da vacina. A expectativa é de que o município atinja a meta de 35 mil animais domésticos vacinados.
Ele lamenta que a imunização na zona rural iniciada antecipadamente, atingiu apenas 1.709 cães e gatos. Uma equipe do CCZ percorreu áreas como Roça do Povo, Mutuns, Itamaracá, Aterro Sanitário, Fazenda Progresso, entre outras. Os animais que não receberam a dose ainda podem ser imunizados no próximo sábado, bastando que o proprietário o leve a uma das unidades de saúde na zona urbana.
Samir Hage alerta para os riscos e consequências que a raiva canina traz para a população tanto animal quanto humana, lembrando que a doença não tem cura e pode matar, inclusive o homem, já que a raiva é transmitida por meio de saliva, contato sanguíneo ou mordida. Ele cita alguns dos sintomas da raiva como perda de apetite, alterações de comportamento, agitação e agressividade, que podem ser observados pelos criadores de cães e gatos.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito