i

i

NP

NP

cdl

cdl

eco

eco

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itacaré busca apoio em Brasília para Plano Municipal de Mobilidade Urbana

Os secretários municipais da Prefeitura de Itacaré, Júnior Andrade, de Administração, e Ademar Sá, de Desenvolvimento Urbano, se reuniram como o secretário nacional de Mobilidade Urbana, Inácio Bento de Moraes, e com o secretário Nacional de Desenvolvimento Urbano, Gilmar Souza Santos, em Brasília, 
                                                  (Veja Mais, Click Abaixo)



para discutir sobre a Regularização Fundiária no município e a Elaboração do Plano de Mobilidade Urbana. A encontro foi solicitado pelo prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, com a proposta de solicitar do Governo Federal o envio de equipe técnica para coordenar um seminário sobre esses assuntos no município e ainda o apoio na elaboração do Plano Municipal de Mobilidade urbana.

De acordo com os secretários, Itacaré, apesar de ser uma cidade de pequeno porte já começa a apresentar sérios problemas de mobilidade, especialmente na alta estação, como dificuldade de locomoção de automóveis, engarrafamentos, falta de locais próprios para estacionamento e calcadas irregulares que por sua vez dificultam o deslocamento de pedestres. Aliado a isso, conforme os secretários, há a inexistência de alternativas eficientes de transporte coletivo.

O secretário Ademar Sá explica que para enfrentar o problema é preciso discutir com a comunidade todos os aspectos do Plano e em conjunto buscar as soluções mais adequadas. “Essa discussão dever acontecer na elaboração do nosso Plano de Mobilidade que tem a importância de vir a ser o instrumento efetivo para que possamos atender às diretrizes da política nacional de mobilidade urbana, promovendo a integração entre os diversos modos de transporte e a melhoria da acessibilidade e mobilidade das pessoas e cargas no nosso município, e definindo os modos e a classificação dos meios de transporte, e apresentando os necessários itens e equipamentos de infraestrutura.

O secretário Júnior Andrade acrescenta que o Plano Municipal de Mobilidade Urbana não é apenas para recebimento dos recursos federais para mobilidade urbana. “O plano é um instrumento para ser utilizado no planejamento das intervenções e investimentos em mobilidade. Constituindo um passo fundamental para a promoção de padrões de deslocamentos mais sustentáveis e melhoria da qualidade de vida em nossa cidade", complementou.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito