i

i

CV

CV

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Ilhéus- Devoção e fé marcam a festa da Levantada do Mastro em Olivença

Fé, tradição, cultura e ancestralidade uniram os moradores de Olivença em mais uma realização da festa de Levantamento do Mastro de São Sebastião, realizada no dia dedicado ao padroeiro de Ilhéus, 20 de janeiro. A tradição, que se repete há mais de 300 anos, este ano ganhou exposição fotográfica organizada pelo Ponto de Cultura Machadeiros de Olivença.                                   (Saiba Mais, Click Abaixo)



A festa de São Sebastião, que começou em 6 de janeiro, Dia de Reis, teve como ponto alto a Puxada do Mastro ocorrida no último domingo (13).

Na praça, estão sendo expostas fotografias relatando os festejos de anos passados, além de exposição de artesanato. Adriana Santos, idealizadora e expositora, explica que esse projeto envolve adolescentes e mulheres da melhor idade. “Foi pleiteado pela associação dos machadeiros e acontece pela primeira vez com produtos confeccionados pelas Marias de Olivença, mulheres empreendedoras da comunidade”, disse Adriana.
Para o presidente da Associação dos Machadeiros de Olivença, Arivaldo Batista, este é o momento de tradição cultural mais reverenciado pelos nativos do distrito. “Muito interessante o final dos festejos que é realizado com os nativos. São Sebastião nos deu forças e proteção para que viéssemos até aqui com o mastro e hoje realizássemos a última etapa. Há mais de três séculos, colocamos o mastro de forma rústica”, relatou o líder comunitário.
Fé e esperança – Moradoras de Itabuna, as irmãs Edileuza e Isabel Santos fizeram questão de participar do ato de fé e esperança. “No dia que se comemora Oxóssi, que é São Sebastião, vim pedir que ele abra nossos caminhos, retirando todas as pedras e que esteja sempre presente em nossas vidas, nos iluminando. Que São Sebastião nos traga sorte”, disse Edileuza. Para Isabel, o momento tinha outro simbolismo. “Hoje é aniversário de morte de meu marido e, toda vez que eu posso, venho prestigiar a festa. É um momento íntimo de fé e religiosidade”.
A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou uma ambulância para o local da festa. Morador de Olivença há seis anos, o secretário de saúde, Geraldo Magela, falou de prevenção e a importância de preservar a história de um local. “É uma satisfação acompanhar uma tradição de mais de 300 anos. Fico satisfeito em ver a população manter essa tradição, mas nossa preocupação é evitar um acidente, por ser um mastro muito pesado que é envolvido em cordas, estamos buscando a prevenção”, enfatizou.
Replantio – Segundo o presidente da Associação de Machadeiros de Olivença, cerca de 50 mudas de madeira de lei, são plantadas no lugar de onde foi retirado o mastro. “Este é um momento que envolve todos os nativos e a Secretaria de Municipal de Meio ambiente. Todos nós retornamos ao meio da mata, onde fazemos o replantio dessas plantas jovens, fornecidas pela Ceplac”, relata.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito