i

i

CV

CV

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Ilhéus- Normalizada coleta de lixo e limpeza pública, o que dá novo aspecto à cidade

A Prefeitura Municipal normalizou a coleta de lixo e limpeza pública nos 27 bairros e 11 distritos de Ilhéus. Um trabalho integrado entre a Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb) e a Solar Ambiental, empresa responsável pelos serviços de coleta no município, permitiu a realização de ações durante os últimos cinco dias. O objetivo é diminuir os riscos à saúde da população e melhorar a higiene urbana.           (Veja Tudo, Click Abaixo)




Com ações de pequena ou grande proporção, a comunidade tem desfrutado da nova aparência urbana em dezenas de praças, ruas e praias da cidade. Durante a temporada de verão, são recolhidas cerca de 350 toneladas de lixo todos os dias. Para suprir as demandas, equipes munidas de máquinas, caçambas e caminhões trabalham nos serviços de limpeza, raspagem, recolhimento de entulhos, capina, varrição e pintura.

Em dois anos de trabalho à frente da Administração Municipal, o prefeito Mário Alexandre avalia que a cidade caminha na contramão do cenário que muitos municípios do mesmo porte vivenciam. Apesar dos grandes desafios devido à recessão econômica, o compromisso e dedicação dos profissionais que trabalham pela cidade garantem conquistas diárias que culminam na melhoria da qualidade de vida local.

Ilhéus Cidade Limpa – O programa de mutirões de limpeza foi criado para atuar em diversos setores do município, visando estabelecer uma conduta educativa e preservativa. Porém, o trabalho de construção de uma cidade mais limpa requer um esforço ainda maior, e novos projetos devem contribuir para isso. A Secsurb vai intensificar a fiscalização de lixeiras viciadas existentes na cidade e notificar quem for flagrado descartando lixo nestas áreas.
O secretário municipal de Serviços Urbanos, Hermano Fahning, enfatiza que tudo começa pela conscientização. “Não dá para trabalhar com limpeza sem cogitar a educação. Vamos informar de porta em porta, com carro de som avisando os dias e a hora em que o morador deve colocar seu lixo. A fiscalização será ponto a ponto, dia a dia, hora a hora, para que a comunidade tenha o resultado de qualidade que todos nós precisamos e queremos”, salienta.
Enfrentamento da situação – “As operações estão sendo muito produtivas”, comemora Fahning. “O município, diante da complexidade enfrentou a situação de frente e disponibilizou os recursos humanos e financeiros necessários. As intervenções ocorreram em locais que, sem esta intervenção, poderiam se transformar em focos dos mosquitos transmissores da dengue, zika e chikungunya”, conclui.
As iniciativas do poder público contam com a participação popular, a exemplo da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Ilhéus (Coolimpa), que ajuda a evitar o acúmulo de lixo, além de gerar renda para dezenas de famílias. Os mutirões de limpeza pública devem continuar com o reforço da Solar Ambiental que vai atuar em vários pontos críticos da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito