i

i

CV

CV

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itabuna-Secretária Sandra Neilma participa do projeto “Queremos Saber” da Câmara de Vereadores

A Secretária de Assistência Social de Itabuna, Sandra Neilma, participou, na tarde desta terça-feira (27), da primeira edição do projeto “Queremos Saber”, uma iniciativa da Câmara de Vereadores que tem o objetivo de aproximar a população dos Poderes municipais (Legislativo e Executivo), através de palestras sobre variados assuntos. Diante de uma plateia que lotou o plenário Raymundo Lima, Sandra Neilma explicou aspectos da política de assistência social praticada no município através da SAS,      (Saiba Mais e Veja os Vídeos)



abordando desde o contexto histórico das práticas assistenciais implementadas no Brasil ao longo dos anos, passando pelos conceitos inseridos no tema e pelas medidas da gestão municipal.

Veja o 1º Vídeo

 explanação da secretária



2º Vídeo

Pergunta dos Vereadores


3º Vídeo

secretária Responde


Ao iniciar sua explanação, Sandra Neilma parabenizou a iniciativa da câmara de vereadores pelo projeto que, segundo ela, aproxima a sociedade aos poderes constituídos, dando um passo importante para que as instituições e organizações da cidade estejam apresentando informações e resultados sobre os seus trabalhos. 

Para Sandra, o momento foi “oportuno para compartilhar a realidade da politica da Assistência Social no município e difundir a importância e o papel deste trabalho para toda a população”.
Em sua fala, ao descrever a estrutura da SAS, Sandra Neilma listou os programas e serviços da secretaria de acordo com seus departamentos, destacando que a pasta desenvolve um trabalho descentralizado, focado na defesa e garantia de direitos da população. De acordo com Sandra, a Assistência Social atua junto às comunidades, 


através dos Centros de Referência (CRAS, CREAS Medidas e CRAM – Atendimento à Mulher), dos programas Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, PETI, do Centro POP, além do Serviço de Vínculos e Convivência, do Serviço de Abordagem Social que identifica situação de violência e violação de direitos e dando encaminhamentos aos programas.

Sobre a gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no município, a secretária ressaltou o constante acompanhamento do trabalho a partir da criação do núcleo de educação permanente, que valorizou os servidores e qualificou as ações executadas pela SAS. “Trabalhamos com fragilidades, garantias de direitos a quem mais precisa, e temos muitos desafios para superar, como o próprio reconhecimento dos poderes e a valorização do trabalho por parte da sociedade, mas isso não impede seguirmos em frente por um caminho que visa alcançar sempre os resultados positivos”. 


Sandra Neilma aproveitou a oportunidade para anunciar que o governo municipal estregará, ainda no primeiro semestre, a casa abrigo para família e adultos em situação de rua, o que possibilitará uma acolhimento digno a essa população, além de uma casa abrigo para mulheres em situação de risco de morte e seus filhos menores de 18 anos. Segundo Sandra, os dois equipamentos se encontram em fase de conclusão e farão parte de uma rede de proteção às pessoas que sofrem violações de direitos, a exemplo do Espaço Aconchego, mantido pela SAS e que atende crianças em situação de risco.


O presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo Xavier parabenizou a secretária pela participação no projeto e classificou a fala da titular da Assistência Social de Itabuna como “esclarecedora e importante para o legislativo e para a população de Itabuna”. Os vereadores Beto Dourado e Charliane Sousa também avaliaram positivamente a apresentação da secretária e destacaram a importância de compartilhar

VEREADORES PRESENTES NESSA SESSÃO

Presidente Ricardo Xavier, Vereadora Charliane, Beto Dourado, Chicão, Pastor Francisco, Babá Cearense, Guinho,  Jairo Araújo e outros edis.

Veja depois mais vídeos dessa sessão na 2ª parte ainda essa semana


























0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito