i

i

CDL

CDL

LOU

LOU

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Ilhéus- Setre realiza cadastro de artesãos nesta segunda e terça-feira, 22 e 23

Com apoio da Prefeitura de Ilhéus, a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), através da Coordenação do Fomento ao Artesanato, promove nesta segunda e terça-feira, dias 22 e 23, mutirão de cadastramento dos artesãos da cidade, no salão do Palácio Paranaguá, no centro. A ação acontece das 8h30min às 17h (primeiro dia) e das 8h30min às 12h30min (segundo dia), e conta com a articulação da Associação dos Criativos Hernani Sá e Secretaria da Cultura e do Turismo (Secult).
(Saiba Tudo, click Abaixo)





Para participar, os interessados devem apresentar foto 3X4; originais do RG e CPF; comprovante de residência; produtos prontos de cada técnica e um produto inacabado para finalização junto aos técnicos no ato do cadastramento. O cadastro dá direito a uma série de vantagens e incentivos, entre eles participação de feiras de artesanato nacionais e internacionais; acesso facilitado ao microcrédito; contribuição para a Previdência Social, na condição de autônomo; e emissão de notas fiscais, com a isenção do ICMS.

Entre outros benefícios, o ingresso ao Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro, com emissão da Carteira Nacional do Artesanato. Com o documento, o artesão vai poder participar de editais em todo o país. Durante os dias, uma banca formada por profissionais de Salvador estará avaliando as técnicas desenvolvidas pelos artesãos, condição para obter a carteira nacional de artesão. Tânia Mara Figueiredo é secretária da Associação dos Criativos Hernani Sá, “É necessário que cada artesão leve consigo os trabalhos de sua autoria”, orienta.
O coordenador estadual Antônio Almeida destaca Ilhéus como um polo atuante no setor. “Ela está inclusa em todas as categorias da arte, sendo um dos principais fatores de reconhecer o município um potencial artesanal. Na época do Instituto Mauá tínhamos uma grande relação, e agora, viemos retomar essa parceria”, argumenta. Almeida ressalta ainda o grande volume de produção. “Vemos coisas aqui que possui relevância para a cultura e preservação da memória do fazer artístico artesanal”, conclui.
Mestre Pizute é o atual presidente do Mercado de Artesanato de Ilhéus. Ele expressa que os artistas artesãos locais possuem características em raízes temática do artesanato brasileiro. “Sobretudo com a literatura de Jorge Amado, lavoura cacaueira, cerâmicas, peças da cultura nordestina, a exemplo de redes, bordados, chapéus de palha e até licores. A Bahia com envolvimento da capoeira e suas baianas, enfim, a presença do órgão aqui para realizar esta ação dar mais ânimo para continuar fazendo arte”, manifestou Pizute.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito