i

i

LOU

LOU

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




ITABUNA: ‘Um teatro dessa magnitude, eu tiro meu chapéu’ diz ator Jackson Costa .

O itabunense Jackson Costa, ator com múltiplas atuações no cenário cultural brasileiro, subiu pela primeira vez no palco do recém inaugurado Candinha Dória, desta vez como Mestre de Cerimônia, no Salão do Empreendedorismo, que aconteceu no Teatro na terça-feira, (27). Conduzindo o evento de uma forma leve, Jackson declamava ao público poesias de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, José Delmo, Ramon Vane, entre outros.
                                           (Saiba Mais, Click Abaixo)




Em entrevista exclusiva ao jornalista Andreyver Lima, o ator se emocionou ao relembrar sua trajetória de vida, que se confunde com a de tantos outros artistas de Itabuna. “Sou papa-jaca muita honra e essa energia eu trouxe daqui mesmo. A poesia aproxima o público e toca o coração das pessoas, num evento que tem em sua natureza uma formalidade”, explica. Segundo ele, é uma característica de artistas do Sul da Bahia. “Afinal, essa energia vem daqui e as pessoas vieram para beber dessa fonte”, justifica.
O ator definiu o novo teatro como o ‘templo da arte’ e parabenizou o prefeito Fernando Gomes, por executar a obra que esteve parada por mais de 10 anos. “Um teatro dessa magnitude, eu tiro meu chapéu, pois um dia ele derrubou o teatro ABC e dá um exemplo que se você cometer algum erro, você pode depois consertar aquilo. E ele faz isso, um Marco na região.” afirmou.
Trabalhando em seu novo espetáculo, o ‘Sarau do Poeta’, um recital que mistura estilos, escritores de diferentes épocas e reverencia grandes autores, o ator revela que quer voltar ao palco do teatro. “A gente tem feito em vários lugares e quero trazer pra cá. Tive o privilégio de trabalhar com Candinha, uma figura fantástica e é uma merecida e justíssimo homenagem a ela.”

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito