i

i

BUE

BUE

CV

CV
CORTESIA DO BLOG

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Ilhéus: I Encontro Multidisciplinar em Oncologia faz ampla abordagem sobre o tratamento do câncer

Ilhéus recebeu no último dia 21 de setembro, o I Encontro Multidisciplinar em Oncologia: Princípios Gerais promovido pela clínica AMO. Profissionais e estudantes da área de saúde tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a abordagem e o tratamento integrado do paciente oncológico.  (Saiba Mais, Click Abaixo) 



Na ocasião, foram ministradas palestras e houve troca de experiências, durante os momentos de discussão, sobre oncologia clínica, enfermagem, farmácia, psicologia, nutrição, fisioterapia e odontologia, evidenciando a importância dessas especialidades no atendimento multidisciplinar de combate ao câncer.    


Para o Dr. Caio Silvério, oncologista clínico e diretor médico da clínica AMO Ilhéus, a discussão com foco na multidisciplinaridade é essencial para atingir bons resultados no tratamento oncológico. "Precisamos falar mais sobre oncologia, esse evento apresenta a abordagem multidisciplinar neste cenário e insere uma rotina científica na região".


De acordo Laiane Campos, farmacêutica, esse tipo de evento ajuda a capacitar os profissionais e ampliar a discussão sobre a importância da sua atuação em oncologia. “O farmacêutico atua com foco no cuidado centrado no paciente e em práticas integrativas de saúde, em conjunto com a equipe multidisciplinar”. 
Joaquim Carvalho, psicólogo, destaca que o câncer ainda é uma doença que sofre muito estigma e preconceito, e isso afeta muito a prevenção e o rastreamento. “A gente precisa falar sobre o câncer, divulgar informações e prevenir a população. A psicologia oferece suporte ao paciente, ao familiar e à equipe clínica. Já na prevenção, nós podemos influenciar em como passar a informação e como atingir o público da melhor forma possível”.   
Segundo a enfermeira Camila Fraga a promoção do cuidado ao paciente oncológico deve ser de forma individualizada e centralizada, focando em suas necessidades, seus valores, preservando sua autonomia, envolvendo e educando o paciente para seu autocuidado.
Michele Espírito Santo, nutricionista, destaca que a assistência ao paciente oncológico, visa reduzir os riscos nutricionais, provocados pela perda de peso, doença e tratamento, auxilia no manejo aos efeitos colaterais, contribuindo para uma melhor qualidade de vida. Pois, um paciente bem nutrido, com plano alimentar individualizado tem uma melhor resposta ao tratamento.
A odontóloga, Élida Mendes, diz que o tratamento antineoplásico traz várias consequências para a boca do paciente. “A saúde da boca não está separada da saúde geral. A odontologia não deve ser entendida apenas como tratamento de dente, mas como parte do tratamento antineoplásico. Não estamos só tratando o câncer, estamos cuidando de pessoas”, avaliou.
Participando do evento como, a enfermeira obstétrica, Genecy Menezes, revelou que realmente pôde aprender mais sobre o paciente oncológico, a importância dada as essas pessoas, como cuidar delas. “Adquiri mais conhecimento nessa parte oncológica que se refere à saúde”.   

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito