i

i

BUE

BUE

CV

CV
CORTESIA DO BLOG

LOU

LOU

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itabuna- Hospital de Base abre campanha “Setembro Verde” em prol da doação de órgãos

Com o tema “O Verdadeiro Herói Está em Você – Doe Órgãos, Doe Vida!”, teve início na manhã desta terça-feira (02) à campanha do Setembro Verde 2019, mês de conscientização acerca da importância da doação de órgãos e tecidos. O evento organizado pela Organização de Procura de Órgãos do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (OPO Sul – HBELEM) reunirá, durante de todo o mês de setembro, uma programação repleta de ações e atividades educativas.            (Saiba Mais, Click Abaixo)



Presente no evento de lançamento da campanha, a ex-presidente da Fundação de Atenção a Saúde de Itabuna (FASI), Vânia Cordier, na oportunidade representando Juvenal Maynart, destacou a importância da doação de órgãos e falou sobre a os resultados positivos da OPO Sul no HBLEM.



Na ocasião, Vânia agradeceu aos funcionários do hospital pelo acolhimento no período em que esteve à frente da instituição e parabenizou a organização do Setembro Verde. “Conseguimos ver que essa equipe conduz isso com muito amor e só esperamos que todos os setores se empenhem nesta campanha do Setembro Verde, porque doação é vida, doação é amor”, destacou.
A enfermeira coordenadora da OPO Sul, Naama Ramos, explicou o funcionamento do setor, ressaltando a importância de cada profissional que participa do processo de doação, desde o surgimento de um diagnóstico que permite a abertura de um protocolo de morte encefálica, passando pela confirmação da doação por parte da família, chegando até a etapa de captação e envio do órgão para transplante. Segundo Naama, este é um serviço que depende de todos para que as ações deem certo, e por isso é cada vez mais importante a realização de campanhas como o Setembro Verde, que mobiliza a sociedade a conhecer o tema.
         Em seu discurso, Naama observou que atualmente ainda existem mais de 600 pessoas na fila de espera por um transplante de córnea e que, por isso, é preciso se manter empenhado em fortalecer as ações educativas para conscientizar as pessoas em relação a importância da doação. “Setembro é um mês especial e a causa da OPO não é só nossa, mas de todo o Hospital de Base, de toda a sociedade. É preciso que todos façam parte desta rede do ‘sim’”, concluiu a enfermeira, explicando que, para ser um doador, é preciso que o cidadão informe à sua família a vontade de praticar este ato de solidariedade, dizendo “sim” à doação. 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito