i

i

PMI

CMVI

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itabuna- Audiência na Câmara discute doação de terreno próximo ao lixão

Audiência na Câmara discute doação de terreno próximo ao lixão de Itabuna
O projeto (nº 01/2020) que busca autorização da Câmara de Itabuna, para
o Executivo doar um terreno de 56 hectares à empresa Rac-Saneamento,
será tema de audiência pública na manhã desta terça-feira (03). Marcada
para 9 horas, no plenário Raymundo Lima,
(Saiba Mais, Click Abaixo)


 a reunião foi solicitada pelo vereador Júnior Brandão (PT) e deverá contar com a presença dos demais
edis. Estão convidados o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga; o
presidente da OAB, Edmilton Carneiro; da Comissão de Desenvolvimento
Urbano Sustentável e da população em geral, assim como representantes da
dita empresa catarinense;.
Já em análise nas Comissões Técnicas da Casa, o assunto foi alvo de
pedidos de vistas assinados pelo autor da audiência, além pelos edis
Babá Cearense (PSL), Enderson Guinho e Charliane Sousa (PTB). Todos
desejam mais esclarecimentos sobre a proposta encamihada pelo Executivo,
que avalia a área em R$ 1.412.120,00. Leva-se em conta, por sinal, o
fato de ser este um ano eleitoral e as limitações legais decorrentes do
período.
Segundo Brandão, entre as dúvidas a serem sanadas na audiência estão o
processamento de resíduos industriais e da construção. Afinal, o projeto
só menciona textualmente aqueles domiciliares e comerciais. Ele também
indaga quais oportunidades de trabalho serão oferecidas às famílias que
hoje sobrevivem a partir do lixão.”O que a empresa fará, por exemplo, do
local onde hoje é o lixão? Haverá algum projeto de cuidado para com
aquela área? Temos alguns leitos de rio, que acabam jogando no rio
Cachoeira e que precisam ser cuidados”, questiona Júnior Brandão.

Sugestões de legenda: A audiência foi solicitada pelo vereador Júnior
Brandão

Babá Cearense também está entre os edis que pediram vistas ao projeto

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito