i

i

Câm.

Câm.

PMI

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itacaré intensifica campanha de combate à dengue nos bairros e distrito

O trabalho de combate ao mosquito da dengue continua nos mais diversos bairros, comunidades e distritos de Itacaré. O objetivo é promover conscientização da comunidade e eliminar os criadouros das larvas do Aedes Aegypti, transmissor da doença. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, essa semana novas localidades estão sendo visitadas,
(Saiba Mais, Click Abaixo)



eliminando criadouros e orientando os moradores sobre a importância de ajudar no combate ao mosquito da dengue.

De acordo com o secretário de Saúde, Ricardo Lins, a proposta do governo municipal é continuar esse trabalho dos mutirões e intensificação das visitas nos mais diversos bairros de Itacaré, na sede e nos distritos, com o objetivo de envolver, mobilizar e engajar a população na luta contra o Aedes Aegypti. Nesses locais as equipes distribuem panfletos, coletam focos, eliminam alguns criadouros e estão orientando a população sobre a importância da sua participação no combate à dengue.

Em cada local as equipes orientam a comunidade de que é necessário que todos façam a sua parte, observando que caixa d’água e outros reservatórios de água estejam devidamente tampados, retirando folhas ou outro tipo de sujeira que pode gerar acúmulo de água nas calhas e guardando pneus em locais cobertos. Também é preciso guardar garrafas com a boca virada para baixo, realizar limpeza periódica em ralos, canaletas e outros tipos escoamentos de água, limpar e retirar acúmulo de água de bandejas de ar-condicionado e de geladeiras e utilizar areia nos pratos de vasos de plantas ou realizar limpeza semanal, além de uma série de outras ações.

O mutirão e a intensificação das visitas têm como objetivo identificar e eliminar focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana. Os agentes de endemia alertam que a dengue pode se apresentar na forma clássica e na forma grave, que necessita de maiores cuidados em leitos de observação ou internação.

O secretário Ricardo Lins explica que os mutirões são importantes não somente como forma de conscientização da comunidade, como também para atacar esses potenciais criadouros nesse período do ano com alta incidência de chuvas e sol, onde historicamente há maior incidência de dengue. “Estamos intensificando os trabalhos e envolvendo a população para evitar a transmissão da doença”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito