i

i

pmi

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Itacaré- Prefeitura mantém barreiras sanitárias e fechamento do comércio



Com a proposta de garantir a saúde e o bem-estar da população e evitar o contágio do coronavírus, a Prefeitura de Itacaré, através do Comitê de Monitoramento, decidiu manter os decretos e intensificar as medidas para evitar a proliferação do COVID 19 no município. O prefeito Antônio de Anízio reafirmou que as medidas de proteção colocaram Itacaré como uma referência regional no combate à doença, fazendo com que até o momento nenhum caso tenha sido confirmado no município. (Saiba Mais, Click Abaixo)

Mas, segundo ele, será preciso continuar com as medidas e intensificar as ações para que não venha a ser registrados casos no município.

Na lista de ações que serão intensificadas esta semana está a manutenção das barreiras sanitárias nas entradas do município, incluindo os distritos, não permitindo, conforme os decretos em vigor, a entrada de ônibus de transporte intermunicipal e interestadual, bem como o transporte individual de passageiros, a exemplo de táxis, mototáxis, vans e motoristas de aplicativos. Além disso será feita a orientação de que a comunidade não traga parentes ou amigos para a cidade, já que se trata de uma quarentena e não de férias. “Se a comunidade não colaborar com o isolamento social não vamos conseguir combater o coronavírus”, reafirmou o prefeito.

Outra medida já dotada pela Prefeitura foi a organização das filas nos locais de maior movimento, a exemplo de supermercados, bancos e casas lotéricas, evitando aglomerações. Para isso foram guardas municipais da Prefeitura estão atuando para organizar e orientar os estabelecimentos e as pessoas quanto as distâncias necessárias. A Prefeitura de Itacaré também instalou toldos de proteção para essas pessoas que aguarda o atendimento nas filas desses estabelecimentos. Outra ação também já adotada é desinfecção, de duas em duas horas, da área comercial do centro da cidade, onde ocorrem os maiores movimentos.

Paralelo a essas novas medidas, permanecem e vigor os decretos declarando situação de emergência em saúde pública em todo o âmbito do município, suspendendo alguns serviços, ampliando a rede de atendimento e ainda suspensão de eventos, bem como o funcionamento dos bancos, correios, dos bares, restaurantes e similares. As praias permanecem interditadas e os estabelecimentos de hospedagens, hotéis, casas de veraneio, pousadas, resorts e assemelhados estão proibidos de receberem novos turistas pelo prazo de 30 dias, a contar de 20 de março.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito