i

i

PMI

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




SAS e Caixa Econômica se reúnem para discutir data de assinatura dos contratos do Residencial Itapoan

 Governo vai liberar R$ 700 milhões para o Minha Casa Minha Vida

 Imagem Ilustrativa

Para viabilizar a assinatura dos contratos de financiamento do residencial Itapoan, obra do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal,  localizado no bairro Jorge Amado, a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Municipal de Assistência Social realizou, no dia 28, uma reunião virtual com dirigentes da Superintendência da Caixa Econômica Federal.

(Saiba Mais, Click abaixo)



        Na oportunidade, ficou pré-agendada as datas de 8 a 11 de setembro para assinatura dos contratos, aguardando comunicado oficial da Caixa Econômica Federal para confirmação e convocação dos beneficiários, bem como divulgação de local, horários e dias específicos desta ação.

        Estiveram presentes na reunião, José Gilberto Bastos Reis – Superintendente Executivo da CEF (Feira de Santana), Lucas Almeida - Superintende SR SUL, Florisvaldo Damascena – Gerente de Habitação, Roberto Celestino e Iramaia Rocha – Técnicos CEF, Deivisson Quinto – COELBA, Anne Karoline – Engenheira Construtora Elite, Caroline Suzart – Diretora SAS e Jacqueline Silva Coordenadora de Habitação SAS/PMI.

        O residencial Itapoan está localizado no bairro Jorge Amado e é composto por 748 unidades habitacionais. Cada unidade possui sala, dois quartos, circulação, banheiro, área de serviço e cozinha, perfazendo um total de 43,68 m². O empreendimento conta ainda com a construção de uma quadra poliesportiva, um centro comunitário, quiosques e parque infantil. O empreendimento será habitado prioritariamente por famílias dos 7 bairros que compõem a referida obra: Jorge Amado, Maria Matos, Bananeira, Nova Itabuna, Sinval Palmeira, Santa Catarina e Lomanto Junior.

2 comentários:

Anônimo disse...

Deus abençoe que entregue essas chaves o quanto antes e que se houver uma taxa mensal, que não seja com um valor alto uma vez que os moradores não tem boas condições financeiras.

Anônimo disse...

Hj já é 8 e precisamos saber como vai funcionar esse processo de assinatura

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito