i

i

PMI

CMVI

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Com incêndio controlado, Corpo de Bombeiros continua monitorando a Chapada Diamantina

O avanço do trabalho do Corpo de Bombeiros Militares da Bahia em conjunto com brigadistas e órgãos ambientais na Chapada Diamantina permitiu a evolução para uma próxima etapa que inclui uma desmobilização parcial de equipes. Entretanto, a maior parte dos profissionais e combatentes envolvidos  permanece na base montada em Mucugê para monitoramento da situação, bem como para combate a novos focos de incêndios, caso voltem a ocorrer.

(Saiba Mais, Click Abaixo)



De acordo com o comandante da operação, capitão bombeiro militar Murilo Rocha, foram liberadas as brigadas voluntárias e oito bombeiros militares. “É importante que todos saibam que o Corpo de Bombeiros continua em Mucugê. A desmobilização parcial foi iniciada porque neste momento o incêndio está controlado. Agora estamos avaliando o cenário e a complexidade da situação e eventual possibilidade de uma nova redução da equipe”, explicou.

Ainda segundo o capitão, mesmo as brigadas voluntárias que foram liberadas para o descanso continuam de sobreaviso. Dois aviões air tractor utilizados no combate às chamas foram retirados de operação. Outros quatro aviões do modelo e contratados pelo Governo do Estado continuam à disposição para eventuais novas operações. As brigadas institucionais do ICMBio, PrevFogo e Corpo de Bombeiros , com cerca de 30 homens, permanecem realizando a vigilância e monitoramento de toda a região.

O helicóptero do Graer continua à disposição para que seja utilizado no trabalho de monitoramento das áreas afetadas pelas chamas. A previsão é de que sejam realizados dois sobrevoos ainda hoje. Na última madrugada, uma chuva de 50 milímetros caiu na região e ajudou a manter a situação sob controle.

A previsão é de que até esta quarta-feira  o Corpo de Bombeiros defina a extinção dos incêndios na região, pois é quando se conclui o prazo de 72 horas estabelecido em protocolos da corporação. Lembrando que, para isto ocorrer, é necessário que a situação permaneça sem alteração. 

Planejamento

Outro trabalho tão importante quanto o realizado pelos brigadistas e bombeiros que vão atuar na linha de frente é o planejamento que dá suporte às operações. Representantes de órgãos, como a Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema), Defesa Civil, Inema e Corpo de Bombeiros seguem trabalhando na base de Mucugê para viabilizar as ações que precisam ser realizadas neste incidente, assim como para operações futuras.

O coordenador de políticas e projetos da Sema, Pablo Rebelo, falou sobre o trabalho realizado pelo grupo. “A situação hoje está sob controle, mas não significa que há desmobilização total do efetivo. Aqui no planejamento trabalhamos para que numa eventual reignição do fogo, as equipes tenham condições de ir a campo e contem com uma estrutura preparada. A gente prevê desde a aquisição de novos equipamentos de proteção individual até a utilização de aeronaves para atender as regiões da Chapada Diamantina e Oeste. É um trabalho de estruturação do combate aos incêndios florestais”.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito