i

i

Emasa

Emasa

CVR1

CVR1

Chapa

Chapa

E.A.

E.A.

VW

VW

isr

isr

PRF

PRF

Adsense




Estudantes criam aplicativo para gerenciar produção leiteira na Bahia

Um grupo de estudantes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) desenvolveu um aplicativo, chamado Daily Milk, capaz de mensurar a produção leiteira dos fazendeiros e assim otimizar mão de obra e economizar diversas matérias-primas. De acordo com uma das idealizadoras do projeto, Maiara Santos, estudante de Agronomia, o app é equipado com um sistema de sensores de identificação e medição da produção de leite individual, que, diariamente, 

(Saiba Mais, Click Abaixo)



ordenha sem alterar a rotina do produtor para que ele tenha dados precisos sobre a sua produção diária, mensal e anual, além de indicativos de mastite e relatórios. “Queremos levar facilidade na operacionalização e assertividade na tomada de decisão para promover a eficiência, aumento de produção e qualidade de vida dos fazendeiros”, disse.


Segundo Maiara, a inspiração para desenvolver o trabalho começou em 2018, devido ao número baixo de produtores que fazem controle leiteiro diário e individual. “Começamos a conversar com produtores e agricultores familiares sobre essa problemática e percebemos que isso ocorria devido à ineficiência da atividade, por ser uma prática trabalhosa e ser necessário pesar o leite e anotar cada vez que a vaca produz diariamente, além da demanda de tempo e mão de obra. Então decidimos juntar os nossos conhecimentos de agronomia com computação e começar a pensar na solução para esse problema”, explicou Maiara, ao ressaltar que o grupo foi finalista do prêmio Arlindo Fragoso de inovação do CREA-BA, em 2018, e no início deste ano, o grupo responsável pela criação do Daily Milk foi para São Paulo participar da Campus Mobile, um concurso da USP em parceria com o Instituto Claro, do qual também foram premiados como um dos finalistas. “Em agosto desse ano, a gente participou do Acelera ESALQ/USP, onde conseguimos o segundo lugar da premiação”.

O Daily Milk possui um diferencial de mercado que é a coleta de dados automatizada a um baixo custo, utilizando de sensores RFID de identificação animal e sensores de fluxo para medição da produção de leite de cada vaca que trabalha em conjunto com o aplicativo mobile e um sistema web com funcionalidades simples, que facilita o manuseio pelo produtor. “Além disso, nosso sistema fornece o indicativo de mastite subclínica e alertas de produções, que vai auxiliar o produtor a tomar as decisões no momento certo, e, acima de tudo, estamos levando uma plataforma de interface simples, para fazendeiros da Zona Rural, que, muitas vezes, não possuem acesso a tecnologia e sem essa facilidade, talvez não pudessem aprimorar o seu trabalho com base em funções tecnológicas”, declarou, reiterando que o app está no estágio de testes e já possui aprovação de vários produtores de leite.

Para Maiara, um aplicativo como este fornece não somente a inclusão tecnológica, principalmente para os pequenos pecuaristas, como também auxilia no desenvolvimento da pecuária familiar, aumento de produtividade e, consequentemente, da qualidade de vida e melhoria de renda. “Desenvolvemos um aplicativo simples de manusear e de baixo custo, pois muitos fazendeiros são sequer alfabetizados, mas a tecnologia precisa ser acessível e democrática. Com o Daily Milk, oferecemos assistência e suporte online, diferente de outros produtos do mercado que possuem ferramentas de alta complexidade, desviando o objetivo principal, que é aumentar a produção e maximizar os lucros”, finalizou.

Bahia Faz Ciência

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) estrearam no Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, 8 de julho de 2019, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros. As matérias são divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito