i

i

CMVI

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Pastor Francisco planeja apoio à profissionalização de jovens


No terceiro mandato consecutivo, o vereador Francisco Edes Batista (Republicanos) foi definido como terceiro secretário na Mesa Diretora da Câmara de Itabuna. Além disso, tem propostas individuais já idealizadas para conduzir o trabalho nesta nova legislatura. Entre elas, ações voltadas para a profissionalização de jovens. “Vamos fortalecer ainda mais o trabalho social, principalmente voltado para a juventude. 

(Saiba Mais, Click Abaixo)



Na parte do esporte, da geração de cursos, de emprego, vamos focar muito nisso, principalmente ajudar os jovens que não estão tendo oportunidade”, declarou Pastor Francisco, com é tratado por todos.

Ele disse estar consciente do reconhecimento ao serviço prestado há anos. Daí a razão de encarar o dever como ainda maior. “Fazemos um dos maiores trabalhos sociais da cidade; isso nos credencia, nos possibilitou a ser reeleito. Então, aumenta a responsabilidade e o trabalho que temos que fazer. Porque são 1.305 pessoas que confiaram”, argumentou.

 

“Mão Amiga”

O edil informou a pretensão de dar seguimento, por exemplo, a iniciativas como o projeto “Mão Amiga”, com distribuição de cestas básicas e outras formas de apoio. “Temos que trabalhar forte para continuar ajudando, principalmente a população mais carente da nossa cidade. Nesta pandemia, junto com a igreja, ajudamos muitas famílias. Distribuímos mais de mil cestas básicas em um mês, com a ajuda da população. Trabalhamos para fortalecer o social, ajudar nos bairros, nosso trabalho é para toda a comunidade”, frisou.

Sobre a relação com o Executivo, afirmou que pretende manter uma postura de independência – pautando-se pela liberdade de ser favorável ao que julgar benéfico à comunidade. “Cada vereador deve ter consciência de que nós trabalhamos pelo povo, fomos eleitos pelo povo. Estamos aqui para ajudar o prefeito naquilo que for necessário, votando leis para que nossa cidade venha a crescer com organização, para que o povo seja atendido na Saúde, na Educação e todos os setores. Não somos empregados do prefeito A ou B; somos empregados do povo”, assinalou.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito