i

i

CVR1

CVR1

PRF

PRF

cm

cm

Adsense




Israel Cardoso fala sobre PL que tramita na ALBA para o retorno as Aulas


Ao longo deste mandato pontuamos repetidas vezes sobre a necessidade de discutirmos e debatermos sobre o retorno das aulas. A educação é essencial para a vida humana e a tratamos como prioridade, por entendermos que é o caminho para o nosso desenvolvimento. Infelizmente, nossos alunos se encontra há mais de um ano sem aulas, com o aprendizado totalmente prejudicado. O dano causado por tanto tempo sem acesso às atividades letivas é incalculável, 

(Veja o Vídeo e Saiba Mais, Click Abaixo)





e o nosso papel no legislativo municipal é propor e cobrar medidas para minimizar esse prejuízo já causado à nossa sociedade. Por isso, na sessão de ontem fizemos questão de pautar essa demanda e ouvimos o relato do estudante Paulo Rich, um dos milhares de jovens itabunenses que se encontram sem aulas.  


Acreditamos que em breve iremos conseguir mudar essa realidade. Na madrugada desta quarta-feira (21), a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5595/20, que torna a educação básica e superior serviços essenciais e por isso não podem ser interrompidos durante a pandemia. O projeto, que agora seguirá para o Senado Federal, prevê, dentre outras questões, a imunização dos professores e profissionais das escolas públicas e privadas, bem como estratégias para a prevenção de contágio aos estudantes e familiares. (cd.leg.br/5mk4pS).


O Governo do Estado também decretou novas medidas, nas quais garante o retorno das aulas em modelo híbrido (parte presencial e parte virtual) em escolas das redes pública e privada, desde que a cidade apresente percentual de até 75% da taxa de ocupação das UTIs. 

Estaremos atentos a isso e cobrando de imediato a garantia da educação para o nosso povo.

Ao longo deste mandato pontuamos repetidas vezes sobre a necessidade de discutirmos e debatermos sobre o retorno das aulas. A educação é essencial para a vida humana e a tratamos como prioridade, por entendermos que é o caminho para o nosso desenvolvimento. Infelizmente, nossos alunos se encontra há mais de um ano sem aulas, com o aprendizado totalmente prejudicado. 


O dano causado por tanto tempo sem acesso às atividades letivas é incalculável, e o nosso papel no legislativo municipal é propor e cobrar medidas para minimizar esse prejuízo já causado à nossa sociedade. Por isso, na sessão de ontem fizemos questão de pautar essa demanda e ouvimos o relato do estudante Paulo Rich, um dos milhares de jovens itabunenses que se encontram sem aulas.  


Acreditamos que em breve iremos conseguir mudar essa realidade. Na madrugada desta quarta-feira (21), a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5595/20, que torna a educação básica e superior serviços essenciais e por isso não podem ser interrompidos durante a pandemia. O projeto, que agora seguirá para o Senado Federal, prevê, dentre outras questões, a imunização dos professores e profissionais das escolas públicas e privadas, bem como estratégias para a prevenção de contágio aos estudantes e familiares. (cd.leg.br/5mk4pS).


O Governo do Estado também decretou novas medidas, nas quais garante o retorno das aulas em modelo híbrido (parte presencial e parte virtual) em escolas das redes pública e privada, desde que a cidade apresente percentual de até 75% da taxa de ocupação das UTIs. 

Estaremos atentos a isso e cobrando de imediato a garantia da educação para o nosso povo.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito