i

i

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- Câmara de Vereadores em Ação (Presidente Erasmo Ávila)


A aparentemente simples mudança no nome de uma comissão abre caminho para que a Câmara de Itabuna possa propor ações específicas tratando das demandas da juventude. Além disso, passou a constar no Regimento Interno da Casa a comemoração do Dia do Jovem – data inserida no calendário do município em 13 de abril. Com matérias dos vereadores, Israel Cardoso, Solon Pinheiro, Wilma e Erasmo Ávila. São decisões referendadas na sessão ordinária de quarta-feira (28).

(Assista aos 3 Vídeos e Saiba Mais, Click Abaixo)




Com autoria do vereador Israel Cardoso (PTC), a proposta (nº 001/2021) para alteração no RI, legitimando o nome da Comissão de Políticas das Mulheres, do Negro, das Minorias, Assistência Social, Trabalho, Emprego, Renda e Juventude. Com inclusão de emendas, contou com relatoria dos edis Luiz Júnior/DC (Comissão de Educação), Wilma/PCdoB (Comissão de Legislação), e Ronaldão/PL (Comissão da Mulher).



Click Play

Sobre o Dia do Jovem, excepcionalmente será comemorado no próximo 21 de maio, com sessão solene onde os edis indicarão nomes cujo trabalho se destaca na sociedade local. Diante das deliberações que garantem mais espaço para políticas públicas em prol da juventude, Israel vibrou: “Os jovens são o futuro dessa cidade, precisamos reconhecer a importância que eles têm em nosso município!”.

Também começou a tramitar proposta do vereador Solon Pinheiro (Solidariedade), para instituir reserva de vagas em empresas a se instalarem no município. Tais oportunidades devem garantir o primeiro emprego a jovens entre 16 e 24 anos de idade.

 

Banco de Ideias

Ainda na sessão de ontem, houve a segunda votação do Projeto de Resolução (nº 002/2021), que institui um Banco de Ideias Legislativas da Câmara Municipal de Itabuna. Com canal a ser aberto também no site, é um instrumento para que a comunidade possa participar da legislatura com sugestões rumo a possíveis projetos.


Click Play

O autor da matéria é o vereador Erasmo Ávila (PSD), presidente da Casa, contando com relatoria de Alex da Oficina (PTC), pela Comissão de Legislação. Até a aprovação definitiva, foram apostas quatro emendas ao projeto original.

Para Ávila,  trata-se de um caminho para tornar o Itabunense ainda mais próximo daquela que deve ser, sim, a “Casa do Povo”. “É para a comunidade participar dos desejos de fazer uma sociedade diferente”, sintetizou o edil.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito