i

i

Emasa

Emasa

CVR1

CVR1

Chapa

Chapa

E.A.

E.A.

VW

VW

isr

isr

PRF

PRF

Adsense




Câmara de Itabuna traz novas leis em favor da juventude


Conselho devidamente reativado e programa Banco de Empregos para a Juventude a ser aprovado em definitivo nesta terça-feira (22). Com estas medidas concretas, a Câmara de Itabuna reuniu representantes dos jovens em sessão especial, a fim de um balanço dos anseios por políticas públicas em benefício deste público – correspondente a cerca de 30% da população do município. Israel Cardoso , responsável pelo projeto que resulta na aprovação do Conselho da Juventude, mencionou “a alegria de ver os jovens como prioridades nesta Casa” e a chegada de leis “para que eles venham a ter o seu protagonismo”. Marcelo Souza  destacou  

(Saiba Mais, Click Abaixo)



a importância desse grupo estar envolvido nas políticas públicas. Afinal, irão colher os frutos do que for aprovado agora. “O jovem não é o futuro; ele é o presente”, justificou.

Houve uma reunião em 17 de junho, quando foram ouvidos o secretário de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Ricardo Xavier; o gerente da Divisão da Juventude, Joabe Paiva; e o diretor da Proteção Básica, Robson Souza, ambos da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza.

Diante de vereadores e representantes da juventude local, eles informaram sobre projetos em andamento e/ou realizados para tal segmento. Xavier, por exemplo, citou o empenho pela volta de uma unidade do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial); as parcerias com o Sebrae, para legitimar Itabuna como “Cidade Empreendedora”, e com as universidades, na busca do conhecimento científico como respaldo às ações do poder público.

Já Joabe listou instrumentos como o ID Jovem, programa federal ao qual Itabuna aderiu e pode orientar a população sobre o acesso. Entre as janelas abertas, a concessão de passagens interestaduais para o público jovem de baixa renda, mediante agendamento prévio. “É preciso fazer com que as políticas públicas cheguem de fato”, constatou.

Cidadãos como prioridade

 Autor da propositura para o Banco de Empregos, alertou para a relevância de os agentes com mandato intervirem por alternativas reais para as novas gerações – inclusive como uma forma de evitar que descambem até caminhos negativos. “O que o poder público pode fazer para reduzir a marginalidade? Proporcionar oportunidades de trabalho é uma forma de fazer nossa parte”, observou.

Os números das leis referentes aos projetos aqui citados são definidos após a sanção do Executivo.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito