i

i

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Fórum de Saneamento do CDS -LS destaca Itabuna por desativação do antigo lixão

A secretária de Planejamento, Sônia Fontes, o secretário de Infraestrutura e Urbanismo, Almir Melo Jr, e o Coordenador Geral de Comunicação, Afonso Dantas, foram os representantes do município de Itabuna no Fórum “O Marco Legal do Saneamento - Responsabilidades e Oportunidades”, realizado  pelo Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS) - Litoral Sul, em Itacaré., na sexta feira, dia 16. O evento contou com a presença do Secretário Nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional, Pedro Maranhão, além de diversos prefeitos e autoridades do Estado e da região, como o prefeito anfitrião, Antônio de Anísio, e o deputado federal Ronaldo Carleto, e o deputado estadual Rosemberg Pinto.              (Saiba Tudo, Click Abaixo)




Na oportunidade, os secretários Sônia Fontes e Almir Melo Jr falaram sobre os avanços que Itabuna fez ao fechar o lixão e garantir a implantação do aterro sanitário certificado por órgãos ambientais, além do acolhimento dos catadores e suas famílias e do processo de construção da cadeia de reciclagem no município e da união e integração com outros municípios regionais para garantir o maior impacto positivo para o projeto.  
O secretário nacional do Saneamento, Pedro Maranhão, destacou que  “o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, será lembrado como o primeiro prefeito do Sul da Bahia que acabou com o lixão e garantiu uma vida digna para dezenas de famílias que viviam no local em condições altamente degradantes”. Durante o Fórum no restaurante da Praia de São José, se discutiu sobre as soluções conjuntas para o destino dos resíduos sólidos nos municípios da região

Os prefeitos foram convidados à elaboração do Plano de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos e o comprometimento o correto descarte incorreto do lixo.  O CDS-LS vai entregar o documento até o final do ano de 2021,  no prazo para que todos os municípios consorciados se habilitem para acessar os recursos disponíveis no Ministério de Desenvolvimento Regional.

O secretário de Saneamento, Pedro Maranhão, enfatizou que “o fim dos lixões muito contribuirá com a saúde da população evitando agravos e doenças, e com a preservação do meio ambiente, eliminando a contaminação do lençol freático e do solo. Além disso, o correto tratamento dos resíduos também beneficia a economia, já que o lixo se tornou  matéria prima com grandes oportunidades de reaproveitamento, com a reciclagem,  compostagem para adubo orgânico,  geração de energia e até  biocombustíveis, que poderá atrair empresas para o Sul da Bahia”.

O Fórum teve a participação dos prefeitos de Coaraci, Jadson Albano, representando a AMURC, de Jussari e presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA), Antônio Valete, de Maraú, Manassés Souza, de Santa Luzia, Fernando Brito, de Ubaitaba, Asclepíades Bêda Almeida, do vice-prefeito de Almadina, Marcos Marciel, do secretário-executivo do CDS-LS, Luciano Veiga e do Consórcio do Médio Sudoeste, Lourival Nunes.

Ainda de secretários dos municípios consorciados e dos diretores da Marca Ambiental/CVR Costa do Cacau, Diogo Ribeiro e Rafael Mendonça Ribeiro e do diretor comercial Rodrigo Zaché, e do presidente do Instituto Movimento Cidades Inteligentes, Luigi Longo.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito