i

i

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itacaré distribui produtos para tratamento de águas impróprias P/o consumo


O Serviço de Vigilância Sanitária da Prefeitura de Itacaré começou a fazer a distribuição dos produtos para o tratamento de águas impróprias para o consumo nas mais diversas comunidades. A ação faz parte do Projeto Água Fonte de Vida, com o objetivo de garantir água boa, de qualidade, própria para o consumo dos moradores das mais diversas localidades do município.

(Saiba Tudo, Click Abaixo)


 



Nessa etapa estão sendo entregues os produtos para o tratamento nas comunidades onde as águas analisadas receberam laudo insatisfatório. Além da entrega do produto a equipe da Vigilância Sanitária orienta sobre como adotar as medidas de tratamento.



 

Como parte dessas ações do Projeto Água Fonte de Vida, equipes das secretarias de Saúde e Agricultura e Pesca estão realizando coleta das águas do município e enviando para análise com o objetivo de monitorar as águas e identificar a presença de agrotóxico, verificando a qualidade dos nossos recursos hídricos.


A diretora do Serviço de Vigilância Sanitária, Andréia Palafoz, explica que a exposição humana a essas substâncias químicas representa um problema de saúde pública, por esse motivo as equipes da Prefeitura vêm buscando definir e implementar ações voltadas para a atenção integral à saúde das populações expostas a agrotóxicos. Ela salienta que. considerando os aspectos socioambientais e a realidade local, é fundamental avaliar se a água consumida pela população apresenta risco à saúde da população.

 




Através do Projeto Água Fonte de Vida, vem sendo realizada a análise de águas brutas, de uso coletivo, a exemplo de poços, cisternas, rios, represas e afins, nos mais diversos bairros e comunidades do município, tanto da sede quanto da zona rural. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que o objetivo do projeto é levar saúde, qualidade de vida e garantir água boa para todos. E o trabalho vem sendo feito constantemente com a coleta de amostras que estão sendo encaminhadas para a análise de laboratórios.

 

Andréia Palafoz, explica que as águas com resultados insatisfatórios nos requisitos microbiológicos e físico-químicos serão tratadas pela equipe, que também vai até ao local ensinar a população a fazer o tratamento. Para solicitar a análise da água é preciso atender a alguns requisitos, como a garantia de que o produto é de uso coletivo.

 

As comunidades que se enquadram ao projeto e desejam solicitar a análise e tratamento deverão entrar em contato com a Vigilância Sanitária através do número (73) 99849-9176. Andréia Palafoz informou ainda que além de promover a coleta, a identificação e mapeamento da qualidade da água consumida, a equipe do Projeto Água Fonte de Vida também irá atuar na orientação e tratamento.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito