i

i

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente dialoga com agricultores e BB.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Moacir Smith Lima, o diretor de Agricultura, Rodrigo Haun, e a equipe técnica da pasta se reuniram com pequenos agricultores e o gerente-geral do Banco do Brasil, em Itabuna, Maurício Barbosa, que apresentou  linhas de créditos bancários para fomentar a economia rural. O encontro aconteceu na sede do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na quarta-feira, dia 1º.  

(Saiba Tudo, Click Abaixo)





Maurício também convidou para o encontro empresas cadastradas pelo Banco do Brasil especializadas na prestação de serviços de consultoria para elaborar estudos técnicos junto aos pequenos produtores visando a real necessidade de investimento rural nas propriedades. Concluídos tais estudos, um projeto será elaborado para ser apresentado ao banco com todas as informações necessárias à liberação do empréstimo.


O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), tem se mostrado preocupado em priorizar o atendimento das necessidades da pequena produção e da agricultura familiar. Por isso, a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente tem atuado para suprir a falta de atenção aos produtores rurais. É de grande importância que o campo tenha acesso ao crédito para fornecer produtos hortigranjeiros ao mercado consumidor e fortalecer a economia do município.

O secretário Moacir Smith Lima frisou que ficará a critério do agricultor familiar o acompanhamento dos profissionais técnicos da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima) e também, se for o caso, da empresa que prestará o serviço de consultoria.

Já o diretor de Agricultura, Rodrigo Haun, esclareceu dúvidas sobre a futura parceria com o Banco do Brasil, inclusive sobre a importância de a documentação de quem deseja solicitar a linha de crédito disponível estar atualizada. Com o passar dos anos, houve uma preocupação em diversificar o plantio após a crise cacaueira, e com isso, a necessidade de mais investimentos nesse setor da economia rural.



0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito