i

i

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Agentes Comunitários de Saúde serão multiplicadores do Projeto Recicla Itabuna


Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Secretaria Municipal de Saúde foram mobilizados na manhã desta terça-feira, dia 19, no auditório das Faculdades Santo Agostinho para mais uma ação do Projeto Recicla Itabuna, que está sendo executado pela Prefeitura de Itabuna sob a coordenação da Secretaria Municipal de Planejamento, mas com o envolvimento de várias secretarias e da CVR Costa do Cacau.     (Saiba Tudo, Click Abaixo)



O consultor André Dantas, profissional com ampla experiência na área em cidades como Salvador, Vitória da Conquista e Jequié, é o responsável pela coordenação técnica do projeto. Ele fez uma explanação sobre as próximas etapas a serem cumpridas, a exemplo do calendário de mobilização social que começa na sexta-feira.

“Já dialogamos com os Agentes de Combate às Endemias. Agora, chegou a vez dos Agentes Comunitários de Saúde, porque entendemos que esses profissionais podem ser multiplicadores desta nova proposta”, explica.



Dantas afirma que a Prefeitura de Itabuna está propondo uma mudança de hábitos no descarte dos materiais recicláveis para toda a sociedade. “Estamos com uma proposta moderna e de mudança de cultura do que hoje se chama lixo, mas que na verdade não é lixo, são resíduos que podem ser recuperados e gerar renda e trabalho para famílias do projeto”, frisa.


O consultor avalia que do ponto de vista do trato dos resíduos sólidos, Itabuna vivia uma época medieval,  com o antigo lixão. “Mas, agora  temos um aterro sanitário devidamente equipado e, o que nos falta, é a coleta seletiva humanizada, porque aí estão incluídos agentes ambientais para que tenham renda e trabalho com aquilo que mais sabem fazer: coletar recicláveis”, acentua.


O coordenador de projetos da Secretaria de Planejamento, Rosivaldo Pinheiro, ressalta que a ideia é mobilizar todos os setores da sociedade para levar informações sobre a ampla campanha que está sendo realizada para implantação do Programa de Coleta Seletiva, que integra o Recicla Itabuna.


“A Prefeitura de Itabuna tem avançado muito na execução de políticas públicas e de assistência aos ex-catadores, agora agentes ambientais, que sobrevivem da coleta de resíduos. Eles, inclusive, já estão formalizados por meio da Associação Recicla Itabuna Para Viver Mais. Estamos iniciando o processo de mobilização comunitária para então começar, de fato, a coleta seletiva na cidade”, frisa.


O encontro contou ainda com a participação do professor da Uesc, Emerson de Sena, do Departamento de Ciências Biológicas, responsável por um projeto pioneiro na área de limpeza de praias. Já a gerente dos Agentes Comunitários de Saúde, Margarida Amorim, ressalta a importância de criar cada vez mais elos entre a comunidade e os serviços de saúde e outros relacionados à promoção da vida.


“Temos aqui neste projeto o conhecimento da importância de reciclar e vamos repassar a informação à sociedade. O Agente Comunitário faz esse trabalho com excelência porque na sua lida trabalha diretamente nos domicílios, conversando com as pessoas”, afirma.


O trabalho de mobilização comunitária se inicia por meio de um projeto-piloto em seis bairros. Pelo calendário, na sexta-feira, dia 22, será no segmento do comércio, a partir das 14 horas, com ponto de concentração no Jardim do Ó. No dia 25, no Jardim Vitória, no dia 26, Góes Calmon, e no dia 3  de novembro no bairro de Fátima. No dia 4, o Califórnia será visitado, e no dia 5, o Bairro São Caetano.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito