i

i

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- USF Alberto Teixeira Barreto, no Califórnia, na lista de requalificações de unidades


A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Atenção Primária, esclarece que a Unidade de Saúde da Família Alberto Teixeira, no bairro Califórnia, está incluída nos próximos ciclos de requalificações dos postos de saúde que são realizadas por meio do convênio da Prefeitura de Itabuna com a Faculdade Santo Agostinho de Itabuna (FASA). Todas as Unidades Básicas e de Saúde da Família da Rede de Atendimento Primário serão reformadas, 

(Saiba Mais, Click Abaixo)



mas as requalificações seguem sendo prioridade nos postos que se encontram em maior estado de deterioração estrutural de maior grau. No diagnóstico feito no início da gestão do prefeito Augusto Castro se comprovou que as unidades estão em estado crítico por falta de manutenção nas gestões passadas.



Atualmente, sete unidades já foram reformadas e quatro se encontram em processo de requalificação: UBS Lavínia Magalhães, no bairro Conceição, USF Corbiniano Freire, no Santa Inês, USF Fátima II, no Fátima, e USF Mário Peixoto, no Bairro Jorge Amado. O próximo ciclo de reformas deve se iniciar ainda nos primeiros meses do próximo ano.


Há todo um planejamento para a recuperação das condições físicas e estruturais das 32 unidades básicas e de saúde da família da cidade, cuja manutenção estava precárias até o primeiro quadrimestre. A partir de uma decisão política do prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), a Secretaria Municipal de Saúde fez um levantamento da situação das unidades e executa a requalificação. 


A reforma de Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família (USF) está sendo executada em convênio de parceria com a Faculdade Santo Agostinho de Itabuna (Fasa), a partir da relação de necessidades encaminhadas pelo Comitê Gestor Local e Secretaria Municipal de Saúde. 


A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, lembrou que no início da gestão do prefeito Augusto Castro, quase todas estavam deterioradas e com a estrutura comprometida. “As reformas começaram em maio deste ano, executadas pela Faculdade Santo Agostinho”, informou. A secretária destacou que durante esse período tem buscado avançar no processo licitatório para ampliar a reforma de prédios públicos. 


Sobre a parceria com a Faculdade Santo Agostinho de Itabuna (Fasa), a secretária de Saúde explicou que faculdades de medicina vinculadas ao Programa Mais Médicos possuem a responsabilidade de contrapartida de 5% a 10% da receita, valor utilizado, exclusivamente, para benefícios na rede de saúde. “No caso de Itabuna, usamos o recurso para adquirir equipamentos de saúde e também para bolsas de ensino que neste ano foi destinada a cursos de pós-graduação em Gestão Pública”, afirmou.

1 comentários:

Anônimo disse...

Precisa requalificar tbm os profissionais.Pessimo atendimento, maioria mal educados e mal humorados, desorganizados, perdem com frequência as fichas dos pacientes.E os profissionais que atendem que vão quando quer e quando vão gastam 30 minutos pra atender 10 pessoas, um absurdo.

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito