i

i

Jaç.

Jaç.

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Defesa Civil pede ajuda à Defesa Civil Nacional para reconstrução de Itabuna pós-enchentes


A Diretoria da Defesa Civil de Itabuna está otimista com relação a reconstrução da cidade, com novas moradias, no menor tempo possível, para atender as vítimas da enchente do Rio Cachoeira. Segundo o diretor interino Yuri Bandeira, o Plano de Trabalho, que inclui ainda a recuperação de 12 quilômetros de asfalto e limpeza de canais e bueiros, foi elaborado em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (Siurb) e já encaminhado à Defesa Civil Nacional.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)






O coordenador lembra que as cheias em Itabuna e demais cidades no Sul da Bahia chamaram a atenção das principais autoridades do país, inclusive com a visitas de ministros, secretários de estado e do governador da Bahia, Rui Costa, que se mostraram sensíveis diante da tragédia que deixou milhares de famílias desabrigadas.  


“O prefeito Augusto Castro nos confirmou, durante encontro recente com seus técnicos, que as autoridades estão com um olhar caridoso sobre nós e dispostas a solucionar, prioritariamente, a situação das famílias ribeirinhas, que é um problema histórico em nossa cidade”, comenta.  
 
Yuri disse que o pedido de R$118 milhões, que permitirá construir pelo menos mil novas casas destinadas inicialmente às famílias ribeirinhas que perderam tudo, foi acompanhado de um relatório fotográfico das inundações, principais áreas de risco e também de uma avaliação técnica completa feita por especialistas.

Ainda segundo o coordenador da Defesa Civil, além das áreas como Bananeira, Rua de Palha e Sarinha Alcântara, que são as mais críticas em períodos chuvosos, existem outras regiões da cidade que precisam de atenção diferenciada.  “Atendendo à solicitação do prefeito Augusto Castro, uma força tarefa, com cerca de 20 engenheiros foi montada. Após essas áreas de risco serem detectadas   um relatório que vai nortear as ações do município foi concluído”, afirmou.

Yuri contou ainda que passado o período das cheias, a Prefeitura  continua recebendo muitos chamados de pessoas que receiam retornar para suas casas, sob o temor de danos estruturais por causa da enchente. “Nós fizemos um novo mapeamento na cidade, a partir das áreas mais afetadas pelo rio e, com base nesses dados vamos iniciar a reconstrução das moradias”, garantiu.


0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito