i

i

Jaç.

Jaç.

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




*Força-tarefa finalizando o levantamento social dos atingidos pelas cheias


A Prefeitura de Itabuna conta com uma verdadeira força-tarefa para a finalização do levantamento social das famílias afetadas pelas enchentes do Rio Cachoeira e as fortes chuvas que devastaram várias cidades no sul da Bahia na última semana de dezembro de 2021. Somente assim será possível atender as famílias.  A titular da Secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andréa Castro, lembra que as famílias  terão direito ao cartão magnético do Auxílio Recomeço, no valor de R$ 3 mil, concedido pela Prefeitura com recursos próprios  e doação à conta-corrente da Defesa Civil e ao Aluguel Social de R$ 440,00.  

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



“Com esses dados, vamos conhecer o perfil de cada família desalojada ou desabrigada e, consequentemente, identificar o que cada uma delas realmente está precisando”, explicou a secretária Andréa Castro. Ela disse que o trabalho está sendo realizado pelos 380 Agentes Comunitários de Saúde, do Departamento de Atenção Primária, da Secretaria Municipal de Saúde.


A coordenadora do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACs), enfermeira Margarida Amorim, assegura que estão sendo cadastradas todas as famílias afetadas pelas inundações. “Faço esta afirmação porque 100% do território de Itabuna é atendido pelos nossos Agentes Comunitários de Saúde. Eles chegam em todas as áreas, inclusive na zona rural, o que antes não acontecia”, diz. 


Margarida frisa que o trabalho conjunto das secretarias municipais de Saúde e de Promoção Social e Combate à Pobreza tem como foco cuidar de pessoas, sendo uma rotina. “Agora, nossas equipes estão empenhadas mais ainda. Acredito que até amanhã o trabalho de campo esteja concluído”, informa.  A enfermeira  adianta que, em paralelo, outra força-tarefa está em andamento para a digitalização dos dados coletados em campo. 


Para este trabalho, que está sendo executado nos laboratórios de informática da UniFTC, tem sido fundamental o apoio de voluntários. “Desde o começo dessa tragédia, nosso povo tem sido muito sensível. Agora, mais uma vez, a população está nos ajudando para a finalizar a digitalização dos dados para que as famílias afetadas possam receber da Administração municipal a ajuda necessária”, finalizou a secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andréa Castro.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito