i

i

Jaç.

Jaç.

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna recebe ajuda da Rede de Solidariedade Nacional e Internacional

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), se reuniu na manhã desta terça-feira,  dia 4, com representantes do Alto Comissariado da Comunidade Europeia da Cáritas Internacional, Cáritas Brasileira, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e do Unicef, na Cúria Diocesana da Catedral de São José. No encontro, ele apresentou o perfil das necessidades das famílias afetadas pelas inundações do Rio Cachoeira e das chuvas no Sul da Bahia.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)



O prefeito falou das ações que a Administração municipal vem realizando desde o dia 25 de dezembro, Natal de 2021, depois que as enchentes devastaram a cidade. “Agradeço aos representantes destes órgãos nacionais e internacionais que enxergaram o sofrimento de Itabuna e de toda a Bahia”, comentou. 




Os órgãos  nacionais e internacionais estão empenhados em ajudar as famílias atingidas pelas cheias não só na Bahia, mas também em Minas Gerais, em parceria com as Paróquias e Dioceses e o poder público (municipal e estadual). 



O prefeito Augusto Castro aproveitou para anunciar que o Governo da Bahia liberou a construção de 1.100 unidades habitacionais para as famílias dos bairros mais atingidos pelas inundações.   “Ontem, conversei com o governador Rui Costa e ele garantiu a construção de casas. Mas, caberá à Prefeitura ceder dois terrenos, porque não vamos permitir que essas famílias retornem para as áreas de risco onde moravam”, informou.



Ele lembrou que a Prefeitura de Itabuna está prestando acolhimento e assistência às famílias atingidas com uma rede de solidariedade integrada por voluntários e representantes da sociedade civil. “Estamos trabalhando muito para que as famílias possam reconstruir suas vidas. A Prefeitura vai disponibilizar o Auxílio Recomeço, no valor de R$ 3 mil, para a compra de móveis e eletrodomésticos, e o Aluguel Social, no valor de R$ 440,00, para quem perdeu suas casas”. 


A coordenadora Nacional da Cáritas Brasileira, Valquíria Lima, lembra que a instituição vinculada à Igreja Católica junto a órgãos internacionais está atuando com as paróquias e dioceses para promover o protagonismo das famílias afetadas. “Estamos aqui para contribuir por meio da união de esforços. A igreja agiu no emergencial, mas agora é a hora de planejar o pós-chuvas”, afirmou.


A representante da Unicef, Luíza Almeida, reforçou o compromisso do Fundo das Nações Unidas para a Infância. “Queremos somar esforços por meio de ações coordenadas, principalmente quanto aos cuidados com as crianças, seja na disponibilização de acesso à água tratada, vacinação e cuidados com a saúde mental”, disse.


O encontro contou com a participação do bispo diocesano de Itabuna, Dom Carlos Alberto dos Santos, do Especialista para Emergências Rápidas da ECHO/União Europeia para as Américas, e Roman Majcher, da Gestora do Programa Brasil da Cáritas Suíça, Rebekka Reischmann.


Também do vice-prefeito e secretário de Esportes e Lazer, Enderson Guinho, da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andréa Castro, e  representantes de paróquias da Diocese de Itabuna, clubes de serviços e vereadores

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito