i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Prefeito Augusto Castro inaugura na sexta-feira a Central de Triagem da Coleta Seletiva


O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), inaugura na  sexta-feira, dia 21, a partir das 9 horas,  a Central de Triagem da Coleta Seletiva, instalado no Bairro Lomanto. No mesmo evento acontecerá o lançamento do Programa Recicla Itabuna de Coleta Seletiva, com a participação de secretários e diretores municipais, além de autoridades e convidados. Segundo o mestre em educação ambiental da Secretaria de Planejamento, Dielson Mendes, a Central tem capacidade para receber 120 toneladas de resíduos sólidos, o equivalente a 3% do que é produzido no município.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)




Por ser um projeto-piloto, a coleta seletiva será feita, além do centro (comércio, desde o  Jardim do Ó), em mais seis bairros: Jardim Vitória, Góes Calmon, Conceição, Fátima, Califórnia e São Caetano.

Além disso, a Prefeitura instalou oito ecopontos em áreas distintas da cidade, o que permitirá que os moradores possam levar o próprio lixo doméstico reciclado diretamente nesses locais.

Dielson lembra que o Programa Recicla Itabuna de Coleta Seletiva foi criado a partir do encerramento do lixão, com a implantação do aterro sanitário certificado, na Rodovia BR-415 -Jorge Amado, no trecho Ilhéus - Itabuna. “Foi uma iniciativa ousada e louvável do prefeito Augusto Castro que deu um passo à frente para acabar com o lixão que gerava grandes prejuízos ao município”, disse Mendes.

“Com essa ação, o prefeito de Itabuna se transformou referência ao cumprir a Lei nº 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, um instrumento importante para a solução de um dos mais graves problemas ambientais do Brasil”, explicou.

Antes, o destino inadequado dos resíduos sólidos, resultava nos lixões a céu aberto”. De acordo com a Lei Federal os lixões já deveriam ter sido extintos desde 2014 em todo o país.
 
Com a implantação do aterro sanitário, foi criada a Associação de Agentes Ambientais e Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis de Itabuna (AACRRI). Cabe à instituição, o papel de recolher, acondicionar o lixo reciclado e enviar às fábricas de reciclagem fora da cidade.

Atualmente, a cooperativa conta hoje com 161 catadores que deixaram o lixão, receberam treinamentos e capacitação e contam com o apoio de uma equipe multidisciplinar da Prefeitura, para que próprios toquem a cooperativa com autonomia e capacidade para o gerenciamento, conforme Dielson Mendes.
    

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito