i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Central de Triagem da Coleta Seletiva de Itabuna começa a operar

A manhã desta segunda-feira, dia 7, foi marcada por otimismo e muita expectativa dos agentes de recicláveis na Central de Triagem de Coleta Seletiva, no Bairro Lomanto, no primeiro dia em que a unidade entrou em operação. O principal instrumento de trabalho: o lixo que não é lixo, já que na verdade será a fonte de receita para os integrantes da Associação de Agentes Ambientais e Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis de Itabuna (AACRRI). “O mercado de resíduos sólidos é amplo e cheio de oportunidades para quem deseja crescer. Acredito neste potencial e vou lutar por isso”,

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo) 





comentou o diretor de Patrimônio da Associação de Agentes de Recicláveis, Ricardo Ferreira dos Santos. Conhecido popularmente como Rambo, o agente Ricardo Ramos dos Santos estava no comando da primeira ecobike que saiu do Galpão da Central de Triagem para a coleta porta em porta.




Rambo não escondia a satisfação em recomeçar seu trabalho de um modo totalmente diferente, devidamente fardado e em segurança. “Vou começar pelo Bairro Santo Antônio. Vou rodar tudo naquela área, porque a conheço como a palma da minha mão”, brincou.



Mas antes mesmo dos agentes saírem com as ecobikes neste primeiro dia de trabalho, o caminhão coletor da Biosanear já fazia a entrega do primeiro lote de recicláveis para a equipe do primeiro turno, depois de tê-los recolhido nos ecopontos  implantados pela Prefeitura de Itabuna.



“Todos estão organizados e com muita vontade de colher os resultados positivos. Na Central de Triagem temos duas equipes divididas em dois turnos, mas também temos equipes na rua fazendo coleta porta a porta, além das ecobikes”, comentou o coordenador de Projetos da Secretaria Municipal de Planejamento, Rosivaldo Pinheiro.


Ele lembra que o Projeto Recicla Itabuna está sendo  realizado com a coleta domiciliar, por meio de um projeto-piloto  executado em seis bairros, além da avenida do Cinquentenário. São eles: Jardim Vitória, Góes Calmon, Conceição, Califórnia, Fátima e São Caetano. Mas, a expectativa é de que a partir de março seja ampliado gradualmente para outros bairros da cidade.

Nove ecopontos já foram instalados em pontos estratégicos para a entrega voluntária dos recicláveis pela população: no centro, eles  estão nas praças Adami e Camacan, e na Avenida Aziz Maron. Já nos bairros, podem ser encontrados nas praças dos bairros São Caetano, Mangabinha, Conceição, Califórnia e Santo Antônio e no Centro Administrativo Firmino Alves.

RECICLA ITABUNA

As secretarias municipais de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), Planejamento (Seplan), Infraestrutura e Urbanismo (Siurb), Educação, Saúde, Indústria, Comércio, Emprego e Renda (Sicer) e Governo também foram fundamentais para o programa, que tornou o município de Itabuna pioneiro ao cumprir integralmente a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Com isso, foi encerrado o antigo lixão a céu aberto e implantado o aterro sanitário certificado por determinação  do prefeito Augusto Castro (PSD). A capacitação de dezenas de famílias retiradas de condições subumanas para ingressar numa nova fase com condições dignas de trabalho,  o início da coleta seletiva e operação da unidade,

A Central de Triagem foi instalada pela Prefeitura no bairro Lomanto com o envolvimento e apoio de empresas parceiras do Recicla Itabuna de Coleta Seletiva como  CVR Costa do Cacau e Biosanear e a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da  Bahia (Setre)

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito