i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna inicia a vacinação de crianças nas UBS e UFS contra a Covid-19

As Unidades Básicas e de Saúde da Família começaram a aplicar a vacinação infantil contra a Covid-19 a partir desta semana. Hoje, dia 8, e na quinta-feira, dia 10, a imunização será das 8 as 11 e das 13 às 16 horas de acordo com o calendário divulgado na segunda-feira passada pela Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. O público-alvo infantil são as crianças com comorbidade/deficiência permanente de 5 a 11 anos cuja imunização será com a aplicação da vacina Pfizer Pediátrica. 

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



Também as crianças sem comorbidade de 11, 10, 9 e 8 anos  de idade que receberão as  vacinas Coronavac ou Pfizer Pediátrica.


A secretária de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, afirma que a medida vai trazer mais acessibilidade aos pais. “Agora, a vacinação infantil também acontece nas UBS e USF com mais acessibilidade às comunidades. Quanto mais rápida for a adesão das crianças sem comorbidade, mais rápido serão contempladas as faixas etárias infantis,” afirma.

Nesta semana, também haverá vacinação infantil pela Rede de Frio. Na quinta-feira, das 16 às 20 horas na UniFTC, no centro, para crianças de 5 a 11 anos com comorbidade/deficiência permanente. Serão vacinadas com a Pfizer Pediátrica e, além disso, têm prioridade. Já as crianças sem comorbidade de 11, 10, 9 e 8 anos serão imunizadas com a Coronavac ou Pfizer Pediátrica.  

Entre as ressalvas que precisam ser seguidas na imunização deste grupo estão: apresentação do cartão de vacina da criança e do relatório médico que ficará retido; a criança deverá ser acompanhada pelos pais ou responsáveis (no caso de ser o responsável, o mesmo deverá levar uma cópia do documento   do pai ou da mãe e autorização por escrito assinada).

Além disso, os pais ou responsáveis deverão apresentar documento pessoal com foto e a criança não pode ter sido imunizada com qualquer outra vacina nos 15 dias anteriores.

As doenças que são consideradas comorbidades são Diabetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Doenças Cardiovasculares; Doenças cerebrovasculares; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Hemoglobinopatias; Obesidade mórbida; Síndrome de Down e Cirrose hepática. Já as deficiências permanentes consideradas prioridades são a Auditiva, visual, física e intelectual (crianças autistas estão inclusas nesta última categoria).

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito