i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Sec. Municipal da Educação vistoria as escolas que passam por reforma em Itabuna


O Departamento de Infraestrutura da Secretaria Municipal da Educação (Seduc), vistoriou as oito escolas que estão passando por reformas na quinta e sexta-feira, dias 4 e 5.  Dentre elas,  o Grupo Escolar Professor Everaldo  Cardoso, no  São Caetano, Escola  Maria Pinheiro, no Alto da Conquista, IMEAM,   no Alto Maron, Pedro Lemos, no Lomanto, João Mangabinha Filho, no Mangabinha, e a Creche Pequeno Aprendiz, no Bairro Fonseca.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo) 





Pelo cronograma da Seduc, na próxima quarta-feira, dia 9, serão entregues às escolas João Alves Araújo, no Nova  Califórnia, Florípedes Menezes, em Nova Ferradas, Novo Horizonte, localizada no bairro do mesmo  nome, além da creche Elzo Pinho, na Bananeira. Segundo a secretária municipal da Educação, Janaína Araújo, a partir da semana  que vem  serão determinadas quais unidades  serão abertas. Ela falou ainda sobre a existência de  um cronograma que prevê todas as escolas  requalificadas até junho. 



O município retornou às aulas no dia 23 de fevereiro,  com a maioria das escolas na modalidade  não presencial e 13 na modalidade presencial. “Estamos seguindo os protocolos de biossegurança com base na cartilha que recebemos do estado e adequações determinadas pela Secretaria Municipal de Saúde”, afirmou Janaína  Araújo. 


Com relação à matrícula para o ano letivo, a secretária disse que foi  observada uma queda  no número de alunos. “Tivemos uma baixa neste ano. Os estudantes passaram muito tempo em casa, o que  gerou  uma zona de risco. Mas  vamos desenvolver um  trabalho de busca ativa desses alunos”, declarou. 


No ano passado, o município matriculou 19.265 alunos.  Neste ano, existe um déficit de 1,8 mil estudantes. “Foi uma queda geral  e a Covid-19 influenciou”, destacou. “Tivemos informações de que também houve baixas na rede estadual. A gente tem percebido que isto não  tem sido apenas na rede municipal, mas afeta alunos de maneira geral”, acrescentou.


De acordo com a legislação, os municípios devem efetivar matrículas até 50 dias após data de início do ano letivo. Só depois desse período que, no caso de Itabuna começou em 23 de fevereiro, se saberá o total de alunos matriculados. 

__________

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito