i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- Empréstimo Milionário é Discutido em Audiência com a Sociedade


Na próxima terça-feira (19), o plenário da Câmara de Itabuna sediará uma audiência pública, para esmiuçar o projeto no qual o Executivo pede autorização para um empréstimo de até U$S 30 milhões. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, Erasmo Ávila (PSD), durante reunião em que representantes das secretarias de Planejamento e Governo foram novamente esclarecer dúvidas dos edis. O encontro, na sala de Comissões Técnicas na segunda-feira (11), surgiu de dúvidas encaminhadas por um vereador . Ele quis saber, por exemplo, qual o nível de comprometimento às finanças do município, uma vez contraído o débito. Também indagou com relação ao prazo para efetivar o pagamento, uma vez que futuras gestões estariam em jogo.

(Entenda Tudo, Click no Ícone Abaixo)



As respostas foram trazidas pela secretária de Planejamento, Sônia Fontes, cujo respaldo vem da atuação por anos na CONDER (Companhia de Desenvolvimento do Estado da Bahia), onde foi presidente, além de ter sido deputada estadual e secretária no município de Alagoinhas. “Nós fizemos as obras de erradicação de Alagados, do Centro Histórico de Salvador, os parques metropolitanos, Dique do Tororó...”, exemplificou, ouvida pela assessoria da Casa.

 

Demandas urgentes

Arquiteta e urbanista, Sônia Fontes trouxe informações sobre a carência inicial de cinco anos para quitar a dívida (que terá o Governo Federal como avalista). Sobre o nível de comprometimento das finanças locais, lembrou que dependerá do montante do crédito. Entretanto, lembrou o quão oportuno é o empréstimo, para que Itabuna esteja no patamar de captar investimentos com a vinda da FIOL (Ferrovia de Integração Oeste-Leste) e o Porto Sul – ambos empreendimentos confirmados para a região.

A secretária citou bairros que carecem de investimentos urgentes, inclusive em saneamento básico; a questão ambiental no entorno do Rio Cachoeira e o papel dos vereadores para endereçar as demandas da comunidade ao Executivo. Ela esteve acompanhada do diretor de Planejamento da pasta, economista Rosivaldo Pinheiro; do assessor da Secretaria de Governo, José Thiago Santos.

A audiência acima mencionada deverá contar com que o cidadão melhor compreenda o assunto em questão.

É como se a pessoa contraísse um empréstimo, para reformar a casa, levar melhorias onde houver maior necessidade. Entretanto, voltando à coisa pública, não basta a autorização do Legislativo. O projeto, aprovado pela União, ainda passará pelo crivo do Senado.

O vereador Ronaldão (PL) frisou sobre a audácia do gestor Augusto Castro (PL), ao buscar recursos para Itabuna ter novamente o papel que já ocupou na economia baiana. Caberá à Câmara, como lembraram os edis Fabrício Pancadinha (PMN), Israel Cardoso (Agir), Manoel Porfírio (PT), Pastor Francisco (Republicanos), Sivaldo Reis (PL) e Wilma de Oliveira (PCdoB), fiscalizar a aplicação dos recursos eventualmente obtidos. Afinal, estarão claros os objetivos a serem alcançados. 


0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito