i

i

pmi

AG

AG

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Itabuna- N. Califórnia recebe agentes de combate às endemias nas ações contra o Aedes aegypti

Nesta quinta-feira, dia 26, entre as 8 e 13 horas, a Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia no Bairro Nova Califórnia o combate sem tréguas ao Aedes aegypti. Durante a ação, os moradores e comerciantes da localidade devem remover de quintais e terrenos baldios lixo e entulhos para que sejam recolhidos pelo Departamento de Limpeza Pública nas operações de bota-fora.

(Saiba Mais, Click no Ícone Abaixo)





Na terça e quarta-feira, as equipes do Mutirão de Combate ao Aedes aegypti estiveram concentradas no São Caetano para a execução de ações de prevenção e orientação dos moradores em todas as ruas do bairro e bota-fora. O trabalho começou cedo com o alerta aos moradores para que fizessem a limpeza dos seus quintais e colocassem lixo e entulhos na porta de causa para que fossem recolhidos pela Prefeitura.

Desde o dia 17 deste mês que agentes de endemias e comunitários de saúde e  da Limpeza Pública trabalham em mutirões e na aplicação de inseticida com o suporte de pulverizadores costais, Também foi disponibilizado pela Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB) frota de cinco carros fumacê que atuam em ciclos nos bairros com maior número de notificações de arboviroses e de infestação predial.  
  
A ação dos departamentos de Vigilância em Saúde e de Limpeza Pública  já foi executada nos bairros Santo Antônio,  Novo Horizonte, Califórnia, Manoel Leão, Maria Pinheiro, Vila Anália, Pontalzinho e Mangabinha. Segundo o último boletim do Departamento de Vigilância em Saúde  Itabuna já registra mais de 2.123 notificações, entre dengue (1.200), chikungunya (133) e zika (17). 

A diretora da Vigilância em Saúde, Maristella Antunes, destaca que os agentes de saúde realizam o rastreamento em cada bairro, a fim de se certificarem da presença de focos de larvas, promove, além da conscientização, a eliminação de focos, enquanto que outras equipes visitam estabelecimentos comerciais para reforçar a importância da  lavagem dos reservatórios de água, dentre outras ações. 

Segundo ela, são os moradores da cidade, os responsáveis pelo controle e combate ao mosquito que se escondem e se reproduzem em pequenos ou grandes reservatórios de água descobertos. Por isso,  é fundamental que os recipientes de água, mesmo aquela tratada, sejam cobertos e vedados para impedir que as fêmeas do Aedes aegypti façam a desova. Além disso, deve manter estes locais limpos com bucha e água sanitária.  

“Se os mosquitos encontram ambientes que favorecem a proliferação, a eclosão de casos de dengue e demais doenças é muito rápida. O desenvolvimento do mosquito até a forma adulta varia de sete a dez dias. Por  isso, é necessária atenção especial às caixas d'água, calhas, vasos de plantas,  garrafas e até tampinhas de bebidas”, alerta a diretora.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito