i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Moção de Pesar a PMs na Bahia


ilustre Presidente, Ilustres pares. Submeto à apreciação do Egrégio Colegiado Pleno a presente Moção de Pesar pelo falecimento dos militares Sd PM Alexandre José Ferreira Menezes Silva, Sd PM Vítor Vieira Ferreira Cruz e Sd PM Shanderson Lopes Ferreira. O soldado da Polícia Militar Alexandre José Ferreira Menezes Silva, foi morto enquanto trabalhava no bairro de Águas Claras, na noite de sábado (07/05/2022). Alexandre José Ferreira Menezes Silva, 30, levou um tiro na cabeça. (Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



De acordo com informações da PM, duas viaturas com equipes da 3ª Companhia Independente (CIPM/Cajazeiras) estavam fazendo rondas de rotina na Rua Ulisses Guimarães quando, por volta das 22h, foram recebidas a tiros por um grupo de homens armados. Alexandre, que foi baleado na cabeça e foi socorrido pela própria viatura para o Hospital Eládio Lasserre e, após avaliação e primeiros atendimentos, foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu e chegou à unidade de saúde já morto.


Os soldados Shanderson Lopes Ferreira e Victor Vieira Ferreira Cruz trabalhavam na 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), a mesma unidade de Alexandre José Ferreira Menezes Silva, 30, que levou um tiro na cabeça durante uma ronda em Águas Claras, no sábado (07/05/2022). Shanderson e Victor não estavam uniformizados.

Shanderson Lopes e Victor Vieira foram atacados por criminosos quando retornavam do velório de Alexandre. Eles foram alcançados no bairro Fazenda Grande I, Boca da Mata. Um dos militares foi socorrido ao Hospital Municipal de Salvador, enquanto o outro militar recebeu atendimento do Samu no local. No entanto, não resistiram aos ferimentos e morreram. O corpo de Shanderson foi enterrado às 16h de segunda-feira, no Cemitério Bosque da Paz.

O soldado da Polícia Militar Vitor Vieira Ferreira Cruz foi enterrado nesta terça-feira (10/05/2022) em sua cidade natal, Ubaitaba, na região sul da Bahia. O corpo do policial deixou Salvador na segunda-feira e durante todo o caminho em direção ao sul do estado foi recebido com honras militares nas companhias das cidades por onde passava. Em Ubaitaba, o sepultamento contou com um cortejo por ruas da cidade. Colegas e familiares participaram a pé ou de carros e viaturas. O corpo do policial seguiu carregado por colegas do local do velório até o cemitério da cidade. Vitor Vieira Ferreira Cruz estava na PM desde 2018.

Segundo a PM, o Departamento de Promoção Social, juntamente com o Departamento de Saúde da polícia “foram acionados e prestaram máximo apoio no acompanhamento de todo o atendimento ao policial militar nos hospitais mencionados e, posteriormente aos familiares enlutados”. A PM disse ainda, em nota, que “está em luto pela partida precoce três jovens integrantes e se solidariza, compartilhando dessa dor imensa”. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que "que todas as forças de segurança estão atuando em conjunto para elucidar, identificar e capturar todos os envolvidos nas mortes de três policiais militares". Ainda de acordo com a Secretaria, as famílias estão recebendo assistência da instituição.

Neste momento de dor, nos solidarizamos com os familiares, amigos e admiradores dos ilustres militares a quem homenageamos com esta Moção de Pesar, registrando nossos sentimentos de tristeza, dor e imensas saudades. Aprovada esta Moção, que sejam enviadas comunicações ao Comando da Polícia Militar da Bahia, na pessoa do seu Comandante Coronel QOPM Paulo José Reis de Azevedo Coutinho, e a seus familiares dando ciência dessa homenagem, bem como sua publicação no Diário da Justiça Eletrônico.

Sala das Sessões, 11 de maio de 2022.


Desembargador. Baltazar Miranda Saraiva 

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito