i

i

pmi

câm

câm

itac

itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




SESOP treina Guardas Civis de Itabuna para Sist. Dig. de Gestão Pública e Ocorrências


A Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública (SESOP) vai implantar o “Sistema de Gestão Pública e Ocorrência (SGPO – 153)” para monitoramento de ocorrências que envolvam a Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental (GOPA) e d Patrulha Guardiã Maria da Penha. Com o software, será possível mapear toda a cidade de Itabuna. 

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo) 






O titular da SESOP,  delegado Humberto Mattos, ressalta que com este projeto segue a proposta de modernização de toda Administração municipal liderada pelo do prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), que tem investido na qualificação e valorização dos servidores municipais. Diante da necessidade de atualização, a Secretaria promoveu nesta quarta-feira, dia 4, no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM), um treinamento para os Guardas Civis Municipais. 



“Estamos implantando um novo software para que o 153 seja informatizado totalmente.  Com o SGPO- 153 vamos poder receber chamadas de ocorrências e fazer boletins, além de ter acesso a uma mancha geográfica destas ocorrências”, explica.  Pelo menos 24 GCMs estão sendo treinadas.

Como resultado, o secretário Humberto Mattos acrescenta que a SESOP terá estatísticas De ocorrências em cada um dos bairros, vai identificar aqueles mais ocorrências, tipos de demandas e, consequentemente, poderá traçar um melhor planejamento para a segurança pública do município
.
O treinamento para implantação da nova tecnologia tem duração de dois dias com a participação de duas turmas. “Em seguida,  todos participarão de um laboratório para a prática durante 15 dias. No  máximo em 30 dias estaremos com o SGPO-153 em funcionamento, inclusive levando o sistema para os circuitos das grandes festas realizadas pela Prefeitura, a exemplo do São Pedro. Nossa meta é oferecer um bom atendimento 24 horas, com resolutividade”, acrescenta o secretário. 

Responsável pela implantação do software, Bruno Abreu, que é especialista em arquitetura de software há 20 anos, explica que para implantação do sistema foi necessário fazer um estudo de caso. “Como resultado, criamos um simples formulário que é respondido pelo Guarda Civil Municipal num tempo médio de 1 minuto. Tudo isso fará com que a tomada de decisões do seja muito mais eficiente”, afirmou.

O inspetor do Núcleo Educacional da GCM, Valdir Francisco, finaliza que o melhor de todo esse sistema será a qualidade do serviço que será prestado a população,  vigilância e fiscalização dos prédios públicos, deslocamento de viaturas e  tomada de decisões quando do registro de ocorrências pelo SGPO – 153.”Vamos ter ganhos em escala”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito