i

i

J.M

J.M
CLICK NA IMAGEM- DIRECIONAMENTO AUTOMÁTICO

pmi

AG

AG

Itac

Itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Câmara de Itabuna Um público expressivo participou do seminário sobre Direito Eleitoral

O primeiro seminário promovido pela Escola do Legislativo, na última quinta-feira (14), teve um olhar positivo dos participantes. Entre eles, o prefeito de Buerarema e presidente da AMURC (Associação dos Municípios do Sul e Extremo Sul), Vinícius Ibrann. “Quero parabenizar a Câmara, na pessoa do vereador Israel Cardoso, que dirige essa escola. Aqui é ofertada à sociedade a oportunidade de aprender sobre diversos temas; isso é importantíssimo e imprescindível”, observou.

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)



Ele enalteceu o tema Direito Eleitoral, por estarmos em um ano crucial. “2022 é o ano em que escolheremos presidente, deputados, senadores, governadores e é muito mais fácil o cidadão se inteirar sobre o regramento que conduz o processo eleitoral, para daí escolher candidatos e tentar se desviar de distorções apresentadas a todo momento, as chamadas fake news”, analisou.



A psicóloga Maria Reis Gonçalves, conhecida como Tia Nem, frisou a importância desta iniciativa. “Excelente iniciativa, espero que continue, porque o seminário foi um espetáculo; teve informações que eu ainda não tinha tomado conhecimento. A Escola do Legislativo ajuda a população a ter conhecimento e dá acesso maior para o cidadão participar junto dos assuntos; parabenizo a Casa Legislativa e todos os presentes”, disse ela, sempre ativa em discussões políticas.

O presidente da subseção local da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Rui Carlos, destacou a importância desse evento, do qual a sociedade participou de forma expressiva. “Quero parabenizar a Câmara; são eventos necessários, principalmente nesse momento que estamos vivendo. A população tem que participar ativamente desse processo eleitoral, para que a gente tenha uma eleição que atenda aos anseios da sociedade”, afirmou.

Já o advogado Edmilton Carneiro, ex-presidente e conselheiro da OAB, comentou vir observando que a sociedade tem se interessado muito mais por política. “Seja por preferência de um lado ou de outro, não está tendo um descaso por parte das pessoas com relação às leis. Elas querem saber, querem participar. Até os idosos, que não têm mais a obrigação de votar, estão querendo participar do processo”, lembrou.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito