i

i

J.M

J.M
CLICK NA IMAGEM- DIRECIONAMENTO AUTOMÁTICO

pmi

AG

AG

Itac

Itac

Chapa

Chapa

PRF

PRF

Adsense




Especialistas da Beneficência Portuguesa têm bom prognóstico sobre o projeto no Hospital de Base

 "LEAN nas Emergências"

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM), administrado pela Fundação de Atenção à Saúde (FASI), sob a presidência do Dr. Roberto Gama, recebeu nos dias 30 de junho e 1º de julho, a terceira visita dos especialistas em processos da Beneficência Portuguesa (SP), responsáveis pelo projeto “LEAN nas Emergências” na unidade hospitalar. Durante o encontro, os especialistas  discutiram com os colaboradores das áreas assistenciais do HBLEM algumas ferramentas de gestão importantes do projeto 

(Saiba Tudo, Click no Ícone Abaixo)





 e reviram os planos de ação que foram construídos juntos com a equipe, bem como as ações que já estão sendo colocadas em prática, como o mapeamento de processos dos pacientes do pronto-socorro e a ferramenta 5S.

A equipe também foi apresentada à ferramenta Daily Huddle, que visa melhorar a assistência no serviço de saúde e gerenciar problemas pontuais no setor de emergência. “O Huddle é  uma reunião rápida de 10 a 15 minutos que deve ser feita para melhorar a comunicação entre as equipes do hospital”, explicou o médico Abner Araújo Jr, um dos especialistas em processos.

Uma conversa sobre Gestão de Leitos com os colaboradores fechou a visita da equipe de especialistas. “O leito é a coisa mais valiosa de um hospital e que precisa ser bem usado e ocupado para evitar a internação do paciente dentro do Pronto - Socorro. O paciente precisa do local correto de tratamento dele”, destacou.

Algumas ações que já estão acontecendo dentro do Hospital de Base, foram observadas com otimismo por Abner. “O hospital está caminhando com algumas ações implementadas e outras que estão sendo propostas”, pontuou.

Segundo o médico, o HBLEM possui vários pontos positivos: equipe envolvida, equipe multidisciplinar bem representada, área física do hospital bem estruturada e indicadores do projeto sendo reportados corretamente ao Ministério da Saúde. “Temos um prognóstico relativo ao projeto no Hospital de Base que é muito bom. As expectativas são grandes”, frisou.

A engenheira de produção Bruna Andrade Coghi, que integra a equipe de especialistas, comentou que as ações iniciadas na aula de Gestão de Leitos com a participação da equipe médica, foi de extrema importância para que o paciente chegue mais rápido ao leito, que é um recurso nobre dentro do hospital. “O projeto está caminhando bem. A ideia é que não se restrinja apenas ao pronto-socorro, mas possa ser aplicada em todo o hospital”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Não será publicado comentário ofensivo ou com palavras de baixo calão,nem será aceito qualquer tipo de preconceito